Tamanho do texto

Profissional desvenda o mito sobre tintura e dá dicas de cuidados para os fios

É verdade que a coloração detona os fios? Apesar da resposta depender, principalmente, do tipo de cuidado que você tem, fique sabendo que é possível ter cabelos tingidos e saudáveis. Sim, isso quer dizer que tintura e saúde são coisas que podem andar juntas e sem medo. 

Leia também: Quer cortar franja e está em dúvida? Veja dicas para não se arrepender do visual

mulher tingindo os cabelos arrow-options
Reprodução/freepik
Ter os cabelos tingidos não significa, necessariamente, que ele precisa estar ressecado - alguns cuidados podem ajudar

Ao Delas , Luiz Rono, que é hairstylist do salão L’Officiel III Luiz Rono e especialista em cabelos tingidos saudáveis, explica que existe essa crença de que tintura resseca o fio, mas isso não passa de um mito. "Quando utilizada de maneira correta, a tinta não resseca o cabelo", diz.

Segundo ele, tudo depende de um outro elemento que as pessoas não costumam dar muita atenção: o volume da água oxigenada. “Para a tintura, existem oxidantes de 10 até 40 volumes. Quanto mais alta essa volumagem, maior é a agressão aos fios."

A questão é que cada um desses oxidantes é específico para um tipo de cabelo. Então, cabe ao profissional responsável pela coloração saber avaliar a porosidade e a estrutura dos fios para determinar qual é o oxidante adequado. "Se não houver essa avaliação, certamente pode haver ressecamento”, conta o especialista.

Ter alguns cuidados com os cabelos coloridos também fazem a diferença, como por exemplo ter cuidado com a temperatura do secador, chapinha ou babyliss, já que isso oxida a cor mais rápido — assim como ficar muito tempo debaixo do Sol. Para proteger os fios, o ideal é não usar essas ferramentas todos os dias e investir em um protetor térmico.

Leia também: De dentro para fora: saiba como conseguir cabelos saudáveis de forma natural

A cor influencia na saúde dos cabelos tingidos?

Outros dois mitos populares é que os cabelos loiros sofrem mais com a tintura e que as tintas escuras "protegem". Luiz afirma, porém, que a cor não tem nenhuma influência na saúde dos cabelos. "Tanto as tintas claras, quantos às escuras tem o mesmo poder de ação nos fios e as tintas escuras garantem apenas uma falsa impressão de hidratação por refletirem mais a luz."

O que determina o quanto o cabelo sofrerá com a tintura é o diâmetro do frio. “Fios mais finos tendem a sofrer mais por serem mais delicados, mas com o diagnóstico adequado e o uso de produtos que oxidem menos, é possível preservar a integridade e a beleza do cabelo", diz.

Leia também: Nem platinado, nem escuro! A tendência do momento é o cabelo loiro neutro

Nesse caso, escolher a cor só influencia no quão rápido os  cabelos tingidos  vão desbotar. Cores fantasia, como rosa, azul, roxo, ou vermelhos e ruivos tendem a desbotar mais rápido — o que também depende de avaliação profissional, já que cabelos porosos e frágeis não fixam o tom.