Tamanho do texto

O mais importante é saber que a franja dá trabalho e estar disposta a cuidar

Cortar franja combina com o meu rosto? Quais produtos usar? Qual a melhor forma de arrumar o cabelo depois? E se eu não gostar? Essas são apenas algumas das dúvidas que passam pelas cabeças das mulheres que querem mudar o visual apostando na famosa franjinha. E foi pensando nisso que o Delas conversou com um especialista que ajude a respondê-las.

Leia também: O tipo de shampoo que você usa para lavar o cabelo realmente faz diferença?

cortar franja arrow-options
shutterstock
Cortar franja é uma decisão que precisa ser pensada com carinho, porque os cuidados vão exigir tempo da sua rotina



Quem dá as dicas para te ajudar a tomar uma decisão sobre  cortar franja  ou não é o hair stylist Rudi Werner, do Werner Coiffeur. Segundo o profissional, existem algumas informações que são importantes de saber antes de ir ao salão de beleza, como formato ideal e cuidados. 

"Existe um formato ideal de franja para cada formato de rosto. O oval e quadrado pode ter quase todos os tipos de franja, por exemplo", diz. Assim, ele lista os quatro tipos principais: 

  1. Franja lateral: rosto oval e triangular;
  2. Franja boneca: rosto oval e quadrado e fios lisos;
  3. Franja meia lua: rosto oval e quadrado;
  4. Franja "messy" (bagunçada): rosto quadrado ou oval. 

Ele ainda diz que não indica o corte para quem tem cabelos muito oleosos. "Com certeza a franja vai grudar na testa e deixá-la mais oleosa ainda. O atrito dos fios na pele, que 'abafam' a área, naturalmente produzem oleosidade nos cabelos e na testa." 

Além disso, há outras dicas que são essenciais para quem quer apostar nessa ideia:

5 dicas para quem tem franja

1. Evite óleos, sprays e pomadas em gel

Lembre-se sempre sobre a questão da oleosidade, inclusive na hora de escolher quais produtos usar para deixar a franja com uma boa textura. Como óleos para os cabelos, sprays ou pomadas em gel podem ser um problema por causa disso, aposte nas pomadas em pó. 

2. Invista em shampoo a seco e uma escova redonda

Rudi recomenda seis produtos essenciais para cuidar da sua franja: uma escova redonda, um bom secador, uma mousse modeladora ou pó texturizador e um shampoo a seco para tirar a oleosidade. Use esses itens no seu dia a dia para manter os fios no lugar. 

3. Faça manutenção na franja

A manutenção é essencial para manter aqueles fiozinhos longe dos olhos e, principalmente, não perder a forma do corte. "Aconselho que essa visita ao salão seja feita pelo menos uma vez ao mês", diz o especialista do Werner Coiffeur. 

4. "Bad hair days" são normais

É normal acordar com a franja para cima ou não conseguir modelá-la por nada. "Nesse caso, o melhor truque é o uso do shampoo a seco, que vai tirar a oleosidade e deixá-la mais soltinha. Grampos são muito bem-vindos neste momento, ou até um lenço para usar como turbante." 

5. Grampos podem te salvar

Como mencionado, os grampos podem ser úteis nos dias em que o cabelo não está tão bom assim, mas também para quem se arrependeu do corte. "A única indicação é usar grampos ou tic tacs e esperar a franja crescer para por atrás da orelha", diz. 

Para não se arrepender depois de cortar franja

O profissional ainda dá quatro dicas que vão te ajudar a decidir e, ainda mais importante, não se arrepender depois de mudar o visual . A primeira é procurar uma boa referência, escolhendo alguém que tem um formato de rosto parecido com o seu, e levar com você ao salão. "Eleja um profissional de confiança e escute o que ele vai falar", comenta. 

Outra ideia é comprar um aplique de franja para ver como seria o resultado final sem precisar oficialmente usar a tesoura. "Conscientize-se de que a franja dá trabalho, para secar, cuidar, pentear e aparar", finaliza. Assim, você consegue cortar franja e ficar feliz!