Tamanho do texto

Alguns alimentos além de ajudar a manter o bronzeado por mais tempo, contribuem para evitar os efeitos nocivos da exposição ao sol

Protetor solar de fator adequado é fundamental antes - e durante - aqueles dias de sol na praia ou na piscina. Mas para ajudar a pele bronzeada e ainda cuidar da saúde, vale a pena apostar nos alimentos fotoprotetores

Leia mais: 15 alimentos que ajudam a prolongar o bronzeado

Alimentos fotoprotetores são aliados da pele bronzeada e saudável
Getty Images
Alimentos fotoprotetores são aliados da pele bronzeada e saudável


Segundo a nutricionista Paula Pratti, a primeira dica para indentificar esses alimentos amigos da pele bronzeada  é se guiar pela cor. "Geralmente são alimentos de coloração amarelada ou alaranjada". E aqui entram alguns clássicos como cenoura, mamão ou damasco. 

"São alimentos ricos em antioxidantes que ajudam a combater os radiciais livres que são formados com a exposição solar", afirma a profissional do Centro de Excelência Oncológica. Ela explica que toda vez que tomamos sol - na praia ou mesmo no dia-a-dia - já acontece uma oxidação. Com a alimentação adequada, essa oxidação será menor. "Isso contribui para a não formação de manchas, evita o envelhecimento precoce da pele e também previne contra o câncer de pele", completa Paula. 

Leia mais: Nutricionista monta cardápio ideal para o verão

Nutrientes e outros benefícios

Esse grupo de legumes, vegetais e frutas contém betacaroteno e vitamina A. Em conjunto, eles agem como fotoprotetores. Além disso, também são ricos em vitamina C e trabalham em cinergia com outras vitaminas, como a D, a E, e fortalecem o sistem imunológico. 

De acordo com Paula, quando há exposição ao sol pode bater aquela moleza e o ocorrer uma baixa de imunidade. "Com uma alimentação especial, não deve sentir essa baixa por já faz um 'reforço' no organismo", detalha a nutricionista. 

A profissional ainda diz que esses alimentos fotoprotetores ajudam na saúde ocular, protegem as vias respiratórias e deixam a pele mais saudável como um todo, não apenas no que se refere ao sol - como estimula o colágeno, a pele fica mais sadia e viçosa. 

Leia mais: Guia do bronzeado perfeito

Quando e quanto comer

Paula diz que vale incluir esses alimentos no cardápio o ano inteiro, assim já chegará ao verão com um "estoque" de bons nutrientes no corpo. Um mês antes de tirar o biquíni do armário é interessante fazer um reforço. 

Mas se já estiver na praia, no finalzinho da estação mais quente do ano, calma. Ainda dá tempo de proteger com a alimentação. A dica da nutricionista é preparar um suco e beber cerca de duas horas antes da exposição. Como se trata de um líquido, a absorção de nutrientes será mais rápida. "Pode combinar, cenoura, beterraba e damasco, que ainda dará um sabor adocicado à bebida", sugere Paula. 

Sobre as quantidades, Paula fala para tentar inserir aos poucos os alimentos alaranjados e amareladas nas refeições, ao longo do dia. Se quiser colocar na balança, veja algumas proporções para um dia: 

  • 100 gramas de cenoura
  • 100 gramas de abóbora
  • 25 gramas de damasco

Além dos alimentos, uma pele bonita e bronzeada pele hidratação. Por isso, Paula lembra que é fundamental beber água. "A orientação é beber sempre que tiver sede, mas também tem gente que não consegue distinguir quando está realmente com sede ou com fome, por exemplo. A indicação geral é ingerir em torno de dois litros de água por dia". 

    Leia tudo sobre: dieta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.