Tamanho do texto

"Nos sentimos mais satisfeitos nesse relacionamento do que em qualquer outro que já experimentamos", diz Stephen, que namora Priscilla e Pamela

Priscilla Soares, de 25 anos, vive em Connecticut, Estados Unidos, e nunca se imaginou em um relacionamento poliamoroso até conhecer Stephen Bolden, 26, em março de 2017. Depois de dois anos de namoro, eles incluiram Pamela Dejesus, 21, e agora são um trisal. 

Leia também: Após 17 anos juntos, casal inclui mais uma mulher na relação e forma trisal

trisal arrow-options
Reprodução/Instagram
Stephen, Pamela (à direita) e Priscilla (à esqueda) formam um trisal e afirmam que esse estilo de vida melhorou a relação

Ao Daily Mail , Priscilla conta que Stephen não acredita em monogamia, mas que todos devem seguir seus desejos - desde que os envolvidos estejam felizes. De início, ela não quis formar um trisal com outra mulher, mas o namorado afirmou que isso "fortaleceria a relação".

Segundo ela, o rapaz sempre deixou claro a vontade de viver experiências sexuais com mulheres e acha que saciar esse desejo é uma forma de alcançar seus propósitos de vida. Juntos, o casal já viajou para diferentes países e compartilharam vivências, incluindo um menáge à trois com outra mulher. Priscilla na época se considerava heterossexual. 

"A dinâmica do nosso relacionamento era essencialmente a de que estávamos livres de limites ou limitações e poderíamos fazer o que quiséssemos desde que estivéssemos sendo honestos e claros em nossas intenções. A preferência de Pri era investir seu amor em um homem, enquanto estava aberto a conhecer e explorar relações sexuais com mulheres", diz Stephen. 

Priscilla conta que durante os dois anos que eles namoram, o rapaz "explorou as relações com outras mulheres". "Se ele conheceu uma mulher que, por seu padrão, era atraente, positiva e progressiva, não havia boas razões para inibir a formação de um relacionamento emocional ou sexual. Se fosse sexualmente estimulante, nós os apreciaríamos juntos, de forma lúdica."

Leia também: 'Trisal' formado por duas mulheres e um homem planeja casamento e família

O início do relacionamento a três 

trisal arrow-options
Reprodução/Instagram
Priscilla e Stephen já namoravam quando ele conheceu Pamela (à direita) e os dois decidiram incluí-la no relacionamento

Nesse tempo, a conexão entre eles cresceu e o casal passou a cogitar incluir uma terceira pessoa no relacionamento . Em fevereiro de 2019, Stephen conheceu Pamela e os dois começaram a sair e a dormir juntos. Não demorou para que ele quisesse que as duas namoradas se conhecessem. 

Priscilla também se sentiu atraída por Pamela e, em três meses, eles começaram a se relacionar como trisal. Segundo eles, essa forma de relacionamento dá à eles mais estabilidade financeira, ideias criativas e "diversão na cama".

"Nós não acreditamos em coisas como se apaixonar. Achamos que amor é uma escolha, é uma porta que você entra. Pam é a primeira mulher que nós dois nos sentimos conectados de forma física, emocional e mental, além dela ser a única que atinge os critérios do que a gente pensava sobre um parceiro para a vida e solidificou o fato de sermos poliamorosos", diz Stephen.

"Nós estávamos crescendo e experimentando a vida, buscando referências e mergulhando mais fundo no mistério de descobrir quem realmente somos. Depois que Pam, encontramos o nosso destino. Nenhum de nós gosta de rótulos. Essa dinâmica é simplesmente o que ressoa com o nosso espírito. Todos nos sentimos mais satisfeitos nesse relacionamento do que em qualquer outro que já experimentamos."

"Essa é uma situação que coloca você em uma posição para crescer e se desenvolver, em vez de forçar a negar os desejos do nosso cérebro. Melhor sexo, mais dinheiro, mais ideias e mais mãos para fazer o trabalho. Desenvolvemos uma comunicação melhor, maior capacidade de confiança, entendimento e perdão. Escolhemos estar apaixonados todos os dias, porque somos uma força mais forte juntos e mais felizes do que separados", completa ele. 

Leia tamém: Mulher adepta do poliamor que vive relação a três afirma: "Não é apenas sexual"

Para o trisal , esse estilo de vida é sinônimo de felicidade. Porém, o relacionamento deles ainda é um segredo para a família religiosa de Priscilla. "A família dela não sabe de nada porque os pais dela não vão aceitar. Amor não deveria ter essas regras", finaliza Stephen.