Tamanho do texto

Na descrição do aplicativo, o homem escreveu que estava solteiro e à procura de um relacionamento com outras mulheres; confira detalhes

Depois de sete anos de namoro, a australiana Tiana - que só teve o primeiro nome revelado -, estava eufórica com a proximidade do tão sonhado casamento. No entanto, o grande dia nunca chegou. Isso porque 48 horas antes da data escolhida para ambos dizerem “sim”, ela terminou o noivado depois que descobriu que seu parceiro a enganava e mantinha um perfil no Tinder.

Leia também: Mulher descobre mensagens de namorado com amante e expõe traição no Twitter

Após descobrir que o noivo tem um perfil no Tinder, a mulher decidiu cancelar o casamento; veja detalhes
shutterstock
Após descobrir que o noivo tem um perfil no Tinder, a mulher decidiu cancelar o casamento; veja detalhes

Ao site "9Honey", Tiana conta que no  perfil no Tinder , o ex-namorado, Matt, se descrevia como um homem solteiro e à procura de relacionamentos com outras mulheres. A descoberta deixou a australiana arrasada, já que, depois de tantos altos e baixos durante quase uma década, ela não esperava que o rapaz faria algo desse tipo com ela.

Ela afirma que apesar de eles terem tido alguns desentendimentos relacionados a lista de convidados, festa nupcial e local do casamento, nada indicava uma traição - ou tentativa disso.

"Minha melhor amiga Anne me chamou de lado e disse que precisava falar comigo", detalha Tiana. "O que ela me mostrou me chocou tanto que ainda não consigo acreditar", conta.

Ela admite que no começo não reconheceu Matt no aplicativo, mas depois de passar por várias fotos, ficou claro que era ele. "A maneira como ele se descreveu foi como se ele fosse um homem jovem e solteiro, em busca de novidade", diz a mulher.

Sem escolha, ela não via mais motivo de continuar com o casamento e precisou cancelar tudo dois dias antes da festa. A responsabilidade de explicar o motivo do término ficou para Matt: “Pedi que todos perguntassem a ele a razão pela qual cancelamos o casamento”. 

Leia também: Pesquisa aponta que a diversão é a principal motivação para a traição

Perfil no Tinder é comum entre pessoas comprometidas

Dá para acreditar que perfil no Tinder entre pessoas comprometidas é mais comum do que se pode imaginar?
shutterstock
Dá para acreditar que perfil no Tinder entre pessoas comprometidas é mais comum do que se pode imaginar?

Casos como o da australiana são mais comuns do que se imagina. Uma pesquisa realizada no Reino Unido em setembro de 2017 revelou as estatísticas dos que admitem usar um aplicativo de namoro enquanto estão em um relacionamento.

A pesquisa ouviu 2.100 pessoas entrevistadas pela empresa britânica de advocacia Slater e Gordon Lawyers, depois que a companhia citou o uso de aplicativos de namoro em processos de divórcio.

Os dados mostraram que 35% dos entrevistados admitiram usar um aplicativo de namoro mesmo estando em um relacionamento, sendo que os homens eram os mais propensos a terem esse tipo de atitude do que as mulheres.

O público masculino citava o tédio, a vida sexual e as discussões como razões para buscar novas aventuras, enquanto as mulheres diziam que a falta de atenção frequente fazia com que elas se interessassem por aplicativos do tipo.

Leia também: Especialista afirma o verão é a época mais propensa para a traição; veja motivo

Quando questionados sobre o que eles fariam se descobrissem que o parceiro ou parceira tem um perfil no Tinder , 74% respondeu que consideraria o divórcio, enquanto 51% afirmou que abandonaria o namorado ou namorada imediatamente. E você, o que faria? Deixe sua opinião nos comentários.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.