Tamanho do texto

Especialistas dão dicas sobre quais são os melhores momentos para se masturbar e ter um aproveitamento ainda mais intenso; veja as dicas

Os  benefícios do orgasmo são inúmeros. Além de liberar endorfina, conhecido como o hormônio do bem-estar, também reduz o estresse, aumenta o fluxo sanguíneo, eleva a concentração e ainda te ajuda a se familiarizar com seus pontos de prazer. Mas, nem sempre é preciso contar com uma outra pessoa para chegar ao ápice da excitação sexual. A masturbação feminina está aí para mostrar que não precisamos depender de ninguém para nos satisfazermos.

Masturbação feminina é uma forma de conhecer o próprio corpo e, para algumas mulheres, conseguir ejacular
shutterstock
Masturbação feminina é uma forma de conhecer o próprio corpo e, para algumas mulheres, conseguir ejacular

Explorar o próprio corpo é uma das maneiras mais importantes para que mulheres consigam ter prazer sexual. A masturbação feminina  pode ser uma grande aliada para melhorar o autoconhecimento e descobrir novos pontos de estímulo ao prazer.

Mas quando fazer? Será que existe um momento mais adequado para ter um orgasmo ? Apesar de cada uma ter uma experiência particular, especialistas revelam que há, sim, o melhor momento para se masturbar. Confira essas dicas compliadas pelo jornal The Sun para aproveitar ao máximo esse momento que é só seu!

Bom dia, flor do dia

Masturbação feminina logo pela manhã ajuda a ter um dia mais produtivo e tranquilo, afirma especialista
shutterstock
Masturbação feminina logo pela manhã ajuda a ter um dia mais produtivo e tranquilo, afirma especialista

O pensamento de acordar ainda mais cedo em um dia de semana pode te deixar horrorizada. Mas deixe de ser preguiçosa! Uns minutinhos a menos de sono podem te ajudar a ter um dia muito mais produtivo no trabalho.

Para Kit Maloney, fundador da companhia de prazer feminino O'actually, uma “brincadeira” matinal poderia aumentar sua concentração, reduzir o estresse e até mesmo fazer sua pele ficar incrível.

“Masturbação e orgasmos levam o corpo a eliminar o cortisol, um dos principais hormônios do estresse do corpo, deixando você mais calmo, feliz e equilibrado”, afirma. "Isso também permite que, mais tranquilo, você esteja mais focado e dedicado à sua lista de tarefas depois", completa.

Naqueles dias

Nada de nojo! Aproveite o melhor da masturbação feminina no seu período menstrual
shutterstock
Nada de nojo! Aproveite o melhor da masturbação feminina no seu período menstrual

Muitas mulheres podem achar nojento, mas, acredite: os benefícios nesse caso são ainda maiores.  

Se masturbar durante o período menstrual pode ajudar a reduzir cãibras e tornar o ciclo mais curto, segundo Emily Morse, sexóloga e apresentadora do podcast Sex With Emily .

"Quando você goza, seu corpo libera dopamina e oxitocina - analgésicos naturais que podem eliminar algumas das dores mais intensas do período", explica a especialista.

Outro fato importante é que é exatamente nesse período que as mulheres ficam mais excitadas, o que significa mais um ponto em prol da masturbação durante a menstruação. Então, que tal dar uma chance? A prática pode te ajudar a aliviar a tensão que o ciclo causa, conhecer melhor seu corpo e quebrar esse tabu com o contato com o sangue menstrual.

Noite mais feliz

Masturbação feminina também é uma boa pedida quando feita antes de dormir e te ajuda a descansar melhor
shutterstock
Masturbação feminina também é uma boa pedida quando feita antes de dormir e te ajuda a descansar melhor

Depois de um dia cansativo e estressante, ter uma boa noite de sono é a melhor coisa que pode acontecer, certo? Mas e se você conseguir potencializar esse prazer e adicionar um pouco de amor próprio para conseguir relaxar ainda mais?  

 Uma pesquisa norte-americana realizada pelo Instituto Kinsey, na Universidade de Indiana, descobriu que a masturbação noturna ajuda os participantes a adormecer mais rápida e suavemente. Quando você atinge o clímax, você reduz dois hormônios chamados dopamina e ocitocina, que fazem você se sentir feliz e cansado de uma só vez. Parece perfeito, não é mesmo?

Xô, tristeza!

Nos dias tristes quem não quer um carinho para ficar mais feliz? Masturbação feminina pode ser uma aliada
shutterstock
Nos dias tristes quem não quer um carinho para ficar mais feliz? Masturbação feminina pode ser uma aliada

Está se sentindo um pouco deprimida hoje? Não importa se você está tendo um dia difícil, tenha atingido uma queda de energia no meio da tarde ou esteja simplesmente de ressaca: um pouco de masturbação pode ser a solução.

"Sabemos que o prazer faz as pessoas se sentirem bem", disse Lauren Streicher ao Huffington Post.

Os orgasmos estimulam a liberação de dopamina, o hormônio que estimula seu humor e lhe dá uma sensação natural.

Masturbação feminina: quebrando o tabu

Apesar de ser reprimida pela sociedade, a masturbação feminina traz inúmeros benefícios para a mulher
shutterstock
Apesar de ser reprimida pela sociedade, a masturbação feminina traz inúmeros benefícios para a mulher

Leu a reportagem até aqui, mas ainda não sabe por onde começar ? A masturbação feminina ainda é um tabu muito grande e, para a maioria das mulheres, a ideia pode até causar certo desconforto e constrangimento. Segundo dados de uma pesquisa feita pela Universidade de São Paulo (USP) sobre sexualidade, uma em cada cinco mulheres brasileiras nunca se masturbou.

Em entrevista prévia ao Delas , a ginecologista e terapeuta sexual Glene Rodrigues comenta que esse tabu em relação à masturbação feminina está diretamente ligado à falta de educação sexual, tanto na família quanto na escola.

Ela ainda acrescenta que o as meninas começam a manipular o próprio corpo e descobrir o prazer de forma natural e espontânea ainda na infância, partir dos quatro anos de idade. Mas com o tempo, a mulher acaba sendo reprimida de várias formas e por vários setores da sociedade. O sexo, assim como a masturbação, é um tema que não está excluído dessa repressão.  

Quantas vezes você e suas amigas comentaram sobre o prazer que sentem sozinhas? Ou então, trocaram dicas de como melhorar a prática? O incentivo ao toque é praticamente nulo. Por isso, muitas mulheres já adultas desconhecem o próprio corpo e sentem culpa e vergonha por estimular o prazer.

De acordo com Rita Wu, especialista em Sex Hacking, que é a ideia de entender como o corpo funciona para a partir disso propor novas formas de praticar a sexualidade, o desconhecimento sobre o corpo é realmente muito grande entre as mulheres.

Essa falta de conhecimento também está ligada à ideia de que o prazer é atingido apenas com o outro e, muitas vezes, somente pela penetração. A distância em relação à genitália também afasta a mulher do prazer individual. Consequentemente, é tão comum não saber qual parte tocar e como fazer isso, ressalta a especialista.

Rita ainda comenta a importância de entender como o corpo funciona para que novos pontos de estímulo ao prazer sejam descobertos.  "Existem várias partes além do clitóris que podem ser estimuladas, dando prazer e ajudando na própria saúde", explica.

Como os corpos são diferentes entre si, a masturbação feminina acaba sendo uma ferramenta importante para o autoconhecimento.  É com o toque que a mulher consegue sentir o formato, a textura e temperatura da vagina, entendendo o próprio corpo. E, a partir disso, ela consegue testar qual a melhor forma de atingir o prazer e chegar ao orgasmo, sozinha ou na companhia de outra pessoa. Ficou interessada?  Aqui você encontra dicas de como começar a praticar. Experimente e aproveite!


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.