Tamanho do texto

Segundo levantamento de universidade dos Estados Unidos, aqueles que cortaram o glúten da rotina são vistos com maus olhos na hora da conquista

Está difícil encontrar o par ideal? Até aparecem alguns encontros, mas o romance não vai para frente? De acordo com estudo recente de uma universidade dos Estados Unidos e publicado na imprensa britânica, a culpa do fracasso no amor está na forma como você se alimenta, mais especificamente na dieta sem glúten

Você segue uma dieta sem glúten? Então saiba que isso pode te atrapalhar na hora da conquista
Pixabay
Você segue uma dieta sem glúten? Então saiba que isso pode te atrapalhar na hora da conquista


Segundo dados da Western Connecticut State University, as pessoas que seguem uma dieta sem glúten são vistas com maus olhos durante uma paquera . Pois é, uma simples proteína - encontrada em alimentos como massas e pães feitos com farinha de trigo e outros cereais - pode arruinar as suas chances no momento da conquista. 

A pesquisa perguntou a 161 adultos se eles namorariam alguém que estivesse em uma alimentação sem glúten e muitos mostraram descontentamento com essa informação. 

  • Para 44% dos entrevistados, aqueles que seguem uma dieta "gluten-free" são pessoas com as quais é difícil de se lidar;
  • Para 33%, as pessoas desse grupo são exigentes demais;
  • E para 14%, aqueles que não comem glúten são egoístas, arrogantes e difíceis de agradar

Até quando já há um relacionamento, a dieta pode voltar a atrapalhar. 10% dos pesquisados se preocupam que o parceiro que não consome glúten pode julgar a maneira como eles estão se alimentando e controlar o que eles colocam no prato. 

Leia também: Dieta sem glúten pode aumentar chance de obesidade, indica estudo

Lado bom de quem segue uma dieta sem glúten

São poucos, mas há quem aprecie os seguidores de uma dieta sem glúten e relacione isso a algumas qualidades
shutterstock
São poucos, mas há quem aprecie os seguidores de uma dieta sem glúten e relacione isso a algumas qualidades

Mas nem tudo está perdido. A pesquisa, divulgada nesta semana pelo jornal britânico "Daily Mail", ainda mostra que há quem aprecie os seguidores da vida "gluten-free". 

  • Para 6%, pessoas desse grupo são mais compreensivas
  • 3% acham que elas são mais felizes e disciplinadas

Leia também: É paquera ou não? Veja dicas de como descobrir se ele está interessado em você

Os dados da universidade dos Estados Unidos ainda apontam que, quando o assunto é um possível envolvimento amoroso, a ideia de se cortar o proteína é mais bem aceita em caso de alergias ou intolerâncias alimentares, como a doença celíada, do que com aquelas pessoas que decidiram apostar em uma dieta sem glúten  apenas por uma questão de estética e busca pela boa forma. 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.