Tamanho do texto

O Delas vai falar sobre um fetiche diferente por dia e recomendar posições sexuais para colocá-lo em prática; conheça a odaxelagnia, filia por mordidas

O sexo deve ser algo livre de julgamentos. Desde que haja vontade e consentimento entre todos os envolvidos, é essencial que todos se sintam confortáveis com o parceiro ou parceira para propor explorar o prazer em todas suas formas, por exemplo na forma de um fetiche. A maioria dos fetiches, ainda que pouco usuais , são saudáveis e podem ser muito prazerosos.

A odaxelagnia é o fetiche por dar e receber mordidas, e beira as práticas sadomasoquistas
shutterstock
A odaxelagnia é o fetiche por dar e receber mordidas, e beira as práticas sadomasoquistas


Sabendo disso, o Delas tem abordado um fetiche por dia - no total serão dez - para ajudar casais a explorarem esse lado menos comum do sexo, desmistificando diferente formas de prazer e ensinando posições sexuais para que todos, incluindo quem não tem o fetiche, possam curtir.

Antes de tudo reforçamos a importância do consentimento em qualquer ato sexual e da proteção, como a camisinha, que, além de prevenir uma possível gravidez, impede a transmissão de DSTs (Doenças Sexualmente Transmissíveis).

Odaxelagnia: fetiche por mordidas

O fetiche beira o sadomasoquismo, pois o fetichista não quer só uma mordidinha: a intenção é sentir ou provocar dor
shutterstock
O fetiche beira o sadomasoquismo, pois o fetichista não quer só uma mordidinha: a intenção é sentir ou provocar dor


Apesar do nome esquisito , este é um fetiche bastante comum e que não costuma causar tanto estranhamento. A odaxelagnia é o prazer por morder ou ser mordido. Mas, antes que você pense que também tem essa parafilia por curtir umas mordidinhas aqui e a ali, entenda que a odaxelagnia é considerada uma forma leve de sadismo, o que significa que as mordidas tendem a ser mais fortes para provocar um princípio de dor até.

As mordidas podem ocorrer em diversas partes do corpo e, principalmente por ser algo que envolve um pouco de dor, o consentimento e a vontade são ainda mais importantes. Para os casais que quiserem experimentar a odaxelagnia, também vale conhecer os limites um do outro e ter até palavras de segurança, pois a intenção é sentir prazer. Se chegar num ponto em que a dor sentida passa a machucar, não gerando mais prazer, é a hora de parar.

Posições sexuais para aproveitar o fetiche por mordidas

Confira as melhores posições sexuais para curtir o fetiche por dar e receber mordidas
shutterstock
Confira as melhores posições sexuais para curtir o fetiche por dar e receber mordidas


Sabendo de tudo isso, confira posições sexuais para aproveitar a odaxelagnia. Primeiro listamos poses para o homem que gosta de morder e a mulher receber, e, em seguida, para a mulher que gosta de morder e o parceiro receber. Além de uma pose “neutra” para ambos curtirem o fetiche ao mesmo tempo.

» De ladinho, Tesoura cruzada

Fetiche: a pose De ladinho permite que o homem morda o pescoço, costas e até braços da parceira
Renato Munhoz / Arte iG
Fetiche: a pose De ladinho permite que o homem morda o pescoço, costas e até braços da parceira


Na pose De ladinho, o casal também se deita de lado, porém, desta vez, os dois virados para o mesmo lado. O homem deve ficar por trás para penetrar a parceira, que deverá ficar com os joelhos flexionados.

Desta forma, fica fácil para que o homem morda a parceira na região do pescoço, costas, ombros e até braços se ela entreçar o rosto dele levantando um dos braços.

A Tesoura cruzada é para aqueles já com experiência no fetiche, pois permite ao homem morder os seios da parceira
Renato Munhoz (Arte iG)
A Tesoura cruzada é para aqueles já com experiência no fetiche, pois permite ao homem morder os seios da parceira


Na Tesoura cruzada, a mulher se deita de barriga para cima. O parceiro fica entre as pernas dela, de joelhos, para penetrá-la. Ela então enlaça suas pernas no tronco dele, que deve apoiar os braços na cama, inclinando o corpo para um dos lados - de modo que um dos cotovelos ficará mais flexionando do que o outro.

Esta posição é para casais em que ambos partilhem da odaxelagnia ou para aqueles já acostumados com o fetiche e talvez até com o sadomasoquismo, pois o homem pode se inclinar para frente e morder os seios da parceira. Por ser uma região sensível, vale começar com mordidas menos intensas.

» Rapidinha na parede, Oral clássico

Na Rapidinha na parde, a mulher pode realizar o fetiche mordendo pescoço, lábios e braços do parceiro
Renato Munhoz (Arte iG)
Na Rapidinha na parde, a mulher pode realizar o fetiche mordendo pescoço, lábios e braços do parceiro


Na Rapidinha na parede, o homem vai “prensar” a parceira contra a parede - ambos de pé. Para que esta pose dê certo, é ideal que o homem flexione um pouco os joelhos, apoiando-os na parede, para fazer uma espécie de cadeirinha para a mulher se posicionar para a penetração. Ela deve deixar as pernas esticadas nas laterais do corpo do parceiro e se segurar no quadril dele.

Para realizar a odaxelagnia, a mulher pode aproveitar a pose para morder o pescoço e braços do parceiro - que deverá apoiá-los na parede ao lado do rosto da parceira. Ela também pode complementar beijos quentes com mordidas nos lábios e língua.

Já no Oral clássico ela pode realizar o fetiche mordendo as coxas, quadril e barriga do companheiro
Renato Munhoz (Arte iG)
Já no Oral clássico ela pode realizar o fetiche mordendo as coxas, quadril e barriga do companheiro


No Oral clássico, a mulher pode complementar o sexo oral que realiza agachada, enquanto o parceiro está de pé, com mordidas no quadril, barriga e coxas dele. Ela também pode morder suas mãos, caso ele goste de usá-las para mexer no cabelo da companheira, por exemplo, enquanto ela realiza os estímulos.

Mordidas no pênis também podem ocorrer, mas é necessário tomar cuidado redobrado para não machucar.

» 69

No 69, o casal pode realizar o fetiche por mordidas simultaneamente, dando e recebendo mordidas
Renato Munhoz (Arte iG)
No 69, o casal pode realizar o fetiche por mordidas simultaneamente, dando e recebendo mordidas


A posição 69 é excelente tanto para o fetichista, quanto para quem não é. Conhecida, nela o casal deita de lado, virado um para o outro, porém a cabeça de um deve ficar no sentido dos pés do outro para que eles possam realizar sexo oral um no outro simultaneamente.

As mordidas podem ocorrer na região das coxas e quadril da outra pessoa. O homem também pode complementar o oral na parceira dando mordidinhas na região íntima - e vice-versa. A vantagem desta posição é que não só o homem que gosta de morder pode realizá-lo na parceira, como ela também pode mordê-lo, caso ele também goste.

Tem mais dúvidas sobre o fetiche abordado, fantasias ou posições sexuais ? Entre em contato conosco pelo  sexo@igcorp.com.br e nós traremos um especialista para respondê-la com sigilo total!

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.