Tamanho do texto

Pegadinha do encontro coletivo era um experimento social; jovem revela ter sido criticada nas redes, mas continua recebendo pedidos de encontros

A jovem que causou polêmica após marcar um encontro coletivo com vários homens em uma praça nos EUA com a ajuda de um app de namoro veio a público revelar suas reais intenções com o “reality show” que promoveu .

Pegadinha do app de namoro era, na verdade, experimento social, de acordo com jovem que armou tudo
Reprodução
Pegadinha do app de namoro era, na verdade, experimento social, de acordo com jovem que armou tudo


A norte-americana Natasha Aponte chamou atenção quando foi revelado que, com a ajuda de um app de namoro , ela havia marcado vários encontros simultâneos, no mesmo lugar, e começado a fazer perguntas para selecionar quem realmente sairia para um encontro com ela.

Alguns dos homens, eram centenas, se recusaram a participar do jogo e até xingaram a jovem. Entre os “filtros” que ela impunha contra os homens havia barbas muito longas, se chamar Jimmy, ter sido largado pela última ex-namorada e mais - todos motivos para que eles fossem desconsiderados como candidatos válidos para o encontro.

Intenções por trás da pegadinha do app de namoro

Natasha Aponte reuniu homens que conheceu em app de namoro para fazer reflexão e criticar os relacionamentos online
Reprodução
Natasha Aponte reuniu homens que conheceu em app de namoro para fazer reflexão e criticar os relacionamentos online


Em um vídeo no YouTube, ela revelou que estava agindo em parceira com Rob Bliss, um diretor de uma agência de marketing. “O propósito era trazer a experiência do Tinder para a vida real ”, disse, questionando a superficialidade dos relacionamentos online .

“Hoje é aceitável socialmente desqualificar pessoas por motivos superficiais, como ‘você tem que ter determinada altura, você tem que ter determinado trabalho’. Nós deveríamos ficar incomodados com isso”, afirmou Rob, que também participou do vídeo. 


Eles então, se propuseram fazer exatamente o que as pessoas fazem nos aplicativos , mas na vida real para ver qual seria a reação das pessoas. No vídeo, eles mostram a "Tinder Trap" (armadilha do Tinder, em tradução literal), em mais detalhes, com outras "etapas" do processo - como corridas e disputa de flexões -, e até um dos homens pegando o microfone de Natasha e acusando-a de desrespeitar os que estavam ali.

Depois da pegadinha do app de namoro , em que ela realmente chegou a um vencedor - mas o romance não deu certo -, Natasha disse ter sido criticada nas redes sociais, mas que isso não a incomoda, nem afeta sua vida, “porque eu sei quem eu sou e sou feliz, e estou segura comigo mesma. É engraçado porque, além dos comentários negativos que recebi dos rapazes, ainda há muitos homens tentando sair comigo”, disse ela.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.