Tamanho do texto

Três meses após Emmy morrer, Jake casou com Jenna e revoltou a irmã da falecida pela "falta de sensibilidade". "Ela queria me ver feliz", defende-se ele

Jake Coates conheceu sua namorada de infância, Emmy Collett, aos 11 anos. O relacionamento foi pra frente e os dois casaram em 2016, quando a mulher descobriu que estava com câncer na tireoide. O casamento , infelizmente, durou apenas oito meses. Emmy não sobreviveu e Jake ficou viúvo aos 33 anos. Três meses após se despedir da mulher, no entanto, o homem casou com outra e foi acusado de traição pela família De Colett.

Leia também: De acordo com estudo, pessoas ricas costumam trair mais

Acusado de traição, Jake aparece com Emmy  à esquerda. Na outra foto, com Jenna, em seu novo casamento
Reprodução/Instagram
Acusado de traição, Jake aparece com Emmy à esquerda. Na outra foto, com Jenna, em seu novo casamento


“Emmy queria que eu fosse feliz. Ela queria que eu conhecesse alguém, ela me disse isso”, defende-se o rapaz em entrevista ao “Mirror”. A irmã de Emmy, Sophie, foi quem ficou mais chateada com o ex-cunhado. Para ela, faltou sensibilidade e o fato de ele ter se relacionado com alguém tão rápido pode ser considerado como traição .

“Posso assegurar-lhe que isso iria partir o coração da Emmy. Ela ficaria devastada, como todos nós", escreveu a mulher em uma publicação do Instagram de Jake. No post comentado por Sophie, o homem havia anunciado seu relacionamento com Jenna Selby, e até chegou a comparar as duas mulheres, o que deixou a irmã da falecida ainda mais revoltada.

Leia também: O segundo casamento tem mais chance de dar certo?

“Ela nunca teria se comportado dessa maneira. Esse post e o modo como tudo foi feito é o oposto do que ela representava e da maneira como ela escolheu viver sua vida, como uma pessoa que pensava sempre em todo mundo”, lamentou a moça. Sophie, porém, não foi a única a criticar a atitude de Jake. Nos comentários, o homem recebeu várias mensagens e confessa ter apagado as declarações que não agradaram.


“Estou apenas me esforçando para ser feliz, fazendo o melhor que posso todos os dias. Eu nunca vou dizer nada contra a família da Emmy, mas eu me senti decepcionado com esse comentário da irmã dela, que só ficou chateada porque eu disse a verdade”, diz ele.

Jake, inclusive, imagina que mesmo que esperasse mais tempo para se relacionar com alguém seria inevitável a chateação da família de Emmy. “Acho que se eu tivesse dito que tinha uma namorada na época, agora ou mesmo daqui a um ano, teria sido difícil para a família dela do mesmo jeito. Eu sei que não é fácil, mas ela queria me ver feliz”, afirma.

Acusado de traição, homem conta que cuidou de Emmy até o fim

A última foto publicada por Emmy mostra Jake, que está sendo acusado de traição, cuidando dela no hospital
Reprodução/Instagram
A última foto publicada por Emmy mostra Jake, que está sendo acusado de traição, cuidando dela no hospital


Embora essa situação complicada tenha repercutido nas redes, Jake afirma que se lembra de Emmy com carinho e diz que ficou com a mulher até o dia de sua morte. Segundo ele, quando precisava ficar longe para que ela fizesse o tratamento do câncer em outra cidade, os dois não abriam mão de fazer chamadas de vídeo.

Leia também: Fé em vida após a morte pode ajudar a lidar com o luto e traumas de tragédia

Antes de Emmy morrer, inclusive, os dois realizaram o sonho dela ao viajarem de bicicleta de Londres para Copenhague, na Dinamarca, com a intenção de arrecadar dinheiro para uma instituição de caridade. Jake afirma que nunca se esquecerá da moça e garante que nunca houve traição da parte dele.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.