Tamanho do texto

Com áudios de pessoas chegando ao ápice do prazer submetidos de forma anônima no site, o projeto busca mostrar que não há um "padrão" a seguir quando o assunto é a reação que as pessoas têm durante o sexo

De acordo com estudos e especialistas, os sons que as pessoas emitem durante o sexo são mais importantes do que muita gente imagina . Além de ajudarem a “orientar” o parceiro ou a parceira, gemidos e outras reações sonoras ao prazer podem deixar a outra pessoa ainda mais excitada durante o ato sexual. Porém, assim como ocorre com outros aspectos relacionados ao sexo , muita gente pensa que há uma “forma correta” de se comportar durante orgasmos e reprime essas reações. 

Acompanhados de desenhos, os áudios da 'biblioteca de orgasmos' mostra como cada pessoa se expressa de um jeito
Reprodução/"Orgasm Sound Library"
Acompanhados de desenhos, os áudios da 'biblioteca de orgasmos' mostra como cada pessoa se expressa de um jeito

Buscando quebrar tabus e espantar essa ideia de que todas as pessoas se expressam da mesma forma quando gozam, a marca de acessórios eróticos Bijoux Indiscrets criou a “Orgasm Sound Library” (algo como “biblioteca de orgasmos ” em português), site que reúne áudios de pessoas tendo orgasmos que foram enviados anonimamente por internautas. Quando reproduzidos, os áudios são acompanhados por imagens psicodélicas que representam as ondas sonoras e também trazem hashtags que descrevem o momento.

Ao acompanhar os padrões coloridos formados conforme os áudios são reproduzidos, fica bastante claro que, ao contrário do que alguns pensam, nem todo mundo se comporta da mesma forma, fala as mesmas coisas ou emite os mesmo sons durante o ápice do prazer.

De acordo com Elsa Viegas, criadora da marca, o objetivo é que isso mostre às pessoas – principalmente às mulheres – que a única preocupação delas deve ser aproveitar a experiência. “É importante incentivar mulheres a aproveitarem suas vidas sexuais, e aproveitar também é esquecer como ela ‘deveria ser’ ou ‘deveria soar’”, explica Elsa ao site “Refinery 29”.

Leia também: Em ensaio, fotógrafo retrata mulheres antes, durante e após o orgasmo

Por que mostrar a pluralidade é importante?

Além da ideia de que gemidos devem seguir um padrão, há quem busque-o em filmes pornográficos
Shutterstock
Além da ideia de que gemidos devem seguir um padrão, há quem busque-o em filmes pornográficos

Conforme mostra o site da marca, a iniciativa não surgiu “do nada”. Antes de criar o site, a empresa realizou  um estudo com quase 1,5 mil pessoas entre 18 e 55 anos que responderam extensos questionários online e fizeram entrevistas presenciais sobre seus hábitos entre quatro paredes e as noções que têm sobre sexo e prazer .

Para 43,1% dos homens e 34,8% das mulheres entrevistadas pelo estudo gemer e emitir sons altos durante o sexo indica satisfação com o ato. Em paralelo, 20,4% dos homens e 13,3% das mulheres consideram que esses gemidos e barulhos devem ser ritmados e “mecânicos”.

Além disso, praticamente metade dos homens e mulheres (50,6% e 49,8%) dizem não ter recebido educação sexual suficiente durante a vida, 44,7% das mulheres gostariam que o sexo que fazem se parecesse mais com o mostrado em filmes românticos e 37,6% dos homens preferiam ter experiências mais próximas com as retratadas pela pornografia.

Leia também: Consumir pornografia faz mal para a vida sexual? Psicóloga esclarece

Isso mostra que, apesar de as pessoas saberem sobre a importância de demonstrar esse tipo de reação durante o sexo e quando têm orgasmos , boa parte delas realmente acredita que há um padrão a seguir nessa expressão de prazer. Conforme indicam os dados, esse padrão pode inclusive estar sendo construído a partir da ficção, assim como outras crenças que alguns têm a respeito do sexo (como a de que toda mulher sente prazer com penetração, por exemplo).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas