Tamanho do texto

Com jeitinho e sensualidade, mostre para o parceiro do que gosta durante o ato, sem vergonha de explorar coisas novas e conseguir "aquele" orgasmo

Você gosta de receber sexo oral de seu parceiro ou ele fica completamente perdido? Você sabe do que gosta nessas horas ou ainda não conhece muito bem seu clitóris ? As respostas dessas duas perguntas podem ser determinantes para o quanto você vai aproveitar o oral que recebe. Afinal, você precisa saber o que quer para depois poder guiar o seu parceiro - sem sentir vergonha!

Leia também: 10 coisas que você precisa saber sobre o sexo oral antes de começar a fazer 

Não precisa ter vergonha de guiar o parceiro durante o sexo oral, mas, antes disso, é importante saber do que gosta
Renato Munhoz (Arte iG)
Não precisa ter vergonha de guiar o parceiro durante o sexo oral, mas, antes disso, é importante saber do que gosta


Segundo Celine Kirei, escritora de livros sobre sexo e professora de pompoarismo e artes sensuais há mais de vinte anos, os homens conhecem pouco o corpo da mulher e, ao mesmo tempo que é responsabilidade deles estudarem-no, também é função das mulheres ajudar. Até porque cada mulher é única, e o que dá prazer para uma pode não dar prazer para outra. Sendo assim, o sexo oral é um daqueles momentos em que vale dar uma mãozinha!

Conheça o órgão do prazer

O clitóris é um órgão sexual feminino cuja única função é dar prazer para mulher. De forma muito semelhante ao pênis, quando é estimulado, ele se enrijece e pode crescer em até dois centímetros de tamanho. Fica localizado bem acima da uretra, por onde sai o xixi, e possui uma espécie de prepúcio, que o deixa bem escondidinho.

Para virar íntima do seu clitóris e poder ajudar seu companheiro a fazer aquele oral caprichado nas próximas vezes, use um espelho para explorar sua vagina e não tenha medo de se tocar. “Se tocar, conhecer os próprios caminhos, abrir o prepúcio do clitóris, testar ritmos,  velocidades e toques ajudam a mulher a aprender sobre o que ela gosta”, afirma Celine.

Leia também: Confira 3 posições para enlouquecer o gato durante o sexo oral

O clitóris é um órgão destinado exclusivamente ao prazer feminino com mais de 8 mil terminações nervosas
shutterstock
O clitóris é um órgão destinado exclusivamente ao prazer feminino com mais de 8 mil terminações nervosas

Com mais de oito mil terminações nervosas, é uma área extremamente sensível e delicada, e nem todos os homens sabem ter o cuidado necessário durante o estímulo. Por isso, ajude com suas mãos, movimentos do corpo ou mesmo verbalizando.

“Mas sempre de uma maneira gostosa e sensual”, ressalta Celine, para não ofender nem desestimular o parceiro. “Em vez de chegar já dizendo ‘não estou gostando’ ou ‘não é assim que eu quero’, seja afirmativa: ‘mais em cima’, ‘mais em baixo’, ‘acelera um pouco’, e assim vai”, sugere a escritora, dizendo também ser muito positivo mostrar para o homem, visto que eles não têm medo de deixar claro o que querem. “Se o casal se gosta, se ama, o homem vai ficar ainda mais excitado de ver o prazer da companheira”, diz.

Aos poucos, é possível ter o melhor do sexo oral

Apesar do clitóris ser o órgão do prazer, sexo oral não se resume apenas a ele, e as preliminares também importam
Shutterstock
Apesar do clitóris ser o órgão do prazer, sexo oral não se resume apenas a ele, e as preliminares também importam

Apesar de encorajar as mulheres a serem ousadas, Celine entende que nem sempre isso é possível e nem sempre a mulher se sente confortável para ser tão assertiva logo de cara. Nesses casos, não tem problema dar “um passinho de cada vez”. “Vá com calma, cada hora dê uma dica diferente ou faça um movimento diferente.”

E sempre de uma forma divertida! Não tenha medo de ser criativa, experimente novas posições, encoraje diferentes movimentos com a boca e dê uma chance para brinquedos. Lembrando também que o sexo oral não se resume ao clitóris, mas a toda uma região que pode ser explorada.

Leia também: Você conhece sua pepeca? Saiba tudo sobre vagina, vulva e região íntima feminina

“Se você começar a ser criativa, com preliminares diferentes, por exemplo, o homem vai ficando criativo também. Ele vai querer ler, saber mais, porque vai querer evoluir também, vai querer que o sexo seja cada vez melhor. Ninguém quer aquela coisa fast-food, que é sempre igual, você só requenta. Quer algo gourmet, que a cada vez é único”, completa Celine.

    Leia tudo sobre: amor
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.