Tamanho do texto

Espectrofilia é o nome dado a quem diz fazer sexo com seres do além. Amanda Teague se diz adepta da prática e até indica posição sexual para isso

Acredite se quiser, mas Amanda Teague, de 45 anos, garante que se casou legalmente com o espírito de um pirata haitiano chamado Jack – que supostamente morreu em 1700. Ela conta que tem encontros, discussões e um sexo apaixonado com o fantasma. Também dá dicas para quem quer viver uma experiência parecida com a dela.

Leia também: Mulher garante que se casou com estação de trem e que faz sexo com o edifício

Amanda Teague diz que se casou com pirata fantasma e relata que eles têm encontros, discussões e fazem sexo
Reprodução/Daily Star
Amanda Teague diz que se casou com pirata fantasma e relata que eles têm encontros, discussões e fazem sexo


Amanda, que já trabalhou como imitadora do capitão Jack Sparrow – personagem do filme “Piratas do Caribe” –, espera que o "tabu" em torno do sexo fantasma acabe em breve. Ela não é a primeira pessoa a afirmar que teve experiências sexuais com seres do além, na verdade isso tem até um nome: espectrofilia.

“Esse é um tipo de tabu ultrapassado porque, nos dias de hoje, nós temos que aceitar as coisas”, afirma a suposta viúva do pirata de acordo com o portal britânico “Daily Star”.  Ela diz que embora existam teorias diferentes para essa experiência, o importante mesmo é analisar as situações para chegar à conclusão do que é ou não verdade.

Dicas para ter sexo espiritual

Amanda explica que a espectrofilia existe há milhares de anos, mas o problema é que as pessoas não falam sobre isso. Ela acredita que as pessoas deveriam ser mais abertas e, por isso, oferece conselhos para quem quer conseguir alcançar a satisfação espiritual. “O sexo espiritual está todo relacionado à capacidade de sentir a energia. Não tem nada a ver com masturbação”, afirma.

Leia também: Conheça a espectrofilia, fetiche sexual por fantasmas, espíritos e deuses

Ela ainda revela qual a melhor posição sexual para ter uma relação sobrenatural: “Bom, embora você possa sentir prazer em qualquer posição, o ‘missionário’ provavelmente é a melhor para você começar porque é mais fácil sentir o peso dele [o fantasma] e, a partir daí, começar a relação”.

Casamento no navio

Vivendo na Irlanda do Norte, Amanda diz que Jack a escolheu porque ela é "dominante e difícil", mas também "muito leal". Ela também revelou que vários de seus amigos regularmente fazem sexo com fantasmas. “Conheço uma mulher que tenha orgias sexuais com muitos espíritos e ela adora”, conta. Essa mulher em questão é casada e o companheiro físico dela também participa dessa inusitada relação sexual.

O casamento de Amanda aconteceu em um barco e contou com a participação de familiares e amigos
Reprodução/Daily Star
O casamento de Amanda aconteceu em um barco e contou com a participação de familiares e amigos


Leia também: Veja as respostas para 7 perguntas comuns sobre masturbação

O “casamento” de Amanda com o fantasma de Jack aconteceu ano passado em um barco e contou com a presença de familiares e amigos. Depois da cerimônia, ela passou a usar o sobrenome do “marido” e afirma que vai lutar nos tribunais se sentir sua união ameaçada.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.