Tamanho do texto

Estimular o clitóris, órgão feminino cuja única função é proporcionar prazer, é importante e algumas posições sexuais favorecem a técnica

Apesar de muitas pessoas acreditarem que a penetração basta para fazer uma mulher gozar, a excitação feminina é um processo bem mais complexo.  De acordo com um estudo publicado no “Archives of Sexual Behaviour”, relações sexuais em que houve apenas penetração fizeram com que 35% das mulheres consultadas chegassem ao orgasmo, enquanto o combo sexo oral, estimulação do clitóris e beijos profundos (sem penetração) fez a porcentagem saltar para 80%.

Leia também: Três coisas que os homens devem evitar fazer durante o sexo

Apesar de apenas uma pontinha do clitóris ser visível, o órgão é bem maior e se estende para o interior da vulva
Shutterstock
Apesar de apenas uma pontinha do clitóris ser visível, o órgão é bem maior e se estende para o interior da vulva

Cátia Damasceno, especialista em sexualidade e colunista do Delas explica que, em geral, é mesmo mais fácil que a mulher chegue ao orgasmo com a estimulação do clitóris do que com a penetração vaginal. Segundo a especialista, além de o número de terminações nervosas do clitóris – órgão voltado única e exclusivamente para o prazer que possui uma parte mais alongada na parte interna da vulva e uma “cabecinha” do lado de fora – ser maior que o do ponto G, o segundo é menos acessível, já que fica dentro do canal vaginal.

Sendo assim, tanto a mulher quanto o parceiro ou parceira devem dar bastante atenção para essa parte da região íntima durante o sexo para que ele seja o mais prazeroso possível, e algumas posições sexuais podem ajudar; veja 8 delas:

1. Pouso relaxado

Como as pernas da mulher ficam bem fechadas, a fricção entre o pênis e o clitóris aumenta, intensificando o prazer
Renato Munhoz (Arte iG)
Como as pernas da mulher ficam bem fechadas, a fricção entre o pênis e o clitóris aumenta, intensificando o prazer

Nesta posição, a mulher se deita de barriga para cima e fica com as pernas bem fechadas enquanto o homem se posiciona em cima dela, penetrando-a (para facilitar a penetração, ela pode ficar com as pernas abertas e ir fechando-as gradualmente). Com as pernas dela estão bem juntas, há mais fricção entre o pênis e o “botãozinho do prazer ”.

2. Rapidinha na parede

Apesar de esta posição requerer bastante equilíbrio e força, é uma ótima opção para estimular melhor a mulher. Aqui, ela fica suspensa e “prensada” entre a parede e o corpo do homem, sendo sustentada pelas pernas dele, que ficam levemente flexionadas.

Nesta opção, a mulher fica
Renato Munhoz (Arte iG)
Nesta opção, a mulher fica "prensada" entre o homem e a parede, e a fricção estimula o clitóris

Como os corpos dos dois ficam bem próximos, há bastante fricção entre as partes íntimas, incorporando a estimulação clitoriana na penetração.

3. Pouso forçado

Aqui, o casal deve posicionar um travesseiro ou almofada na cama, na altura das partes íntimas da mulher
Renato Munhoz (Arte iG)
Aqui, o casal deve posicionar um travesseiro ou almofada na cama, na altura das partes íntimas da mulher

Aqui, o casal precisará da ajuda de uma almofada ou travesseiro, e a mulher ficará deitada sobre ele, posicionando-o na altura das partes íntimas. Com ela deitada de barriga para baixo, ele a penetra por trás, e o travesseiro dá conta da estimulação clitoriana devido à fricção.

Leia também: Confira quatro posições sexuais que favorecem o uso de brinquedos eróticos

4. Noite sem vergonha

Com as pernas bem abertas e bastante espaço, a mulher pode estimular o clitóris com as próprias mãos
Renato Munhoz (Arte iG)
Com as pernas bem abertas e bastante espaço, a mulher pode estimular o clitóris com as próprias mãos

Esta posição é similar ao básico papai e mamãe, mas, neste caso, há espaço para que a própria mulher se estimule com as mãos. Aqui, ela se deita de barriga para cima enquanto o homem a penetra ajoelhado e suspendendo o quadril dela com as mãos.

5. Posição relaxada

Aqui, o casal se deita quase
Renato Munhoz (Arte iG)
Aqui, o casal se deita quase "de conchinha", e tanto as mãos dela quanto as dele ficam livres para estimular o clitóris

Semelhante à posição em que o casal fica de conchinha, os dois devem deitar-se virados para o mesmo lado, ou seja, com a mulher de costas para o homem. Enquanto ele mantém as pernas esticadas e a penetra por trás, ela passa uma perna em torno das dele, deixando o caminho livre para qualquer um dos dois cuidar da estimulação clitoriana com as mãos ou até com um brinquedinho erótico como um mini vibrador.

6. Cavalgada de costas sentada

Nesta opção, além de a mulher ditar o ritmo da penetração, tanto ela quanto ele podem fazer a estimulação clitoriana
Renato Munhoz (Arte iG)
Nesta opção, além de a mulher ditar o ritmo da penetração, tanto ela quanto ele podem fazer a estimulação clitoriana

Nesta opção, o homem fica sentado e a mulher se ajoelha sobre ele, posicionando-se de costas para o rosto dele. Como ele fica com as mãos livres e pode se recostar em algum lugar durante o sexo , pode estimular a parceira. Caso a mulher queira cuidar da própria estimulação, ela também pode, tanto com as mãos quanto com um brinquedo sexual.

7. Desabrochar a orquídea

Na hora de estimular o clitóris, um bom sexo oral não pode faltar, e uma das melhores posições para o ato é aquela em que a mulher fica confortavelmente deitada de barriga para cima enquanto o parceiro ou parceira estimula a região íntima dela usando a boca.

Na hora de estimular o clitóris, o sexo oral é uma das práticas mais valorizadas pelas mulheres
Renato Munhoz (Arte iG)
Na hora de estimular o clitóris, o sexo oral é uma das práticas mais valorizadas pelas mulheres

Se o parceiro ou parceira se cansar de ficar na posição, a mulher pode se deitar com o quadril próximo à beirada da cama, enquanto a outra pessoa se ajoelha no chão à frente dela.

8. Beijo do súdito

Aqui, a mulher se ajoelha sobre o rosto do homem, controlado o ângulo e a intensidade da estimulação
Renato Munhoz (Arte iG)
Aqui, a mulher se ajoelha sobre o rosto do homem, controlado o ângulo e a intensidade da estimulação

Há ainda outra opção interessante para estimular a mulher com o sexo oral, especialmente se ela for mais dominadora. Nesta opção, o homem é quem fica deitado enquanto ela fica de joelhos sobre o rosto dele, controlando o ângulo e até a pressão da boca sobre o clitóris.]

Leia também: Você conhece sua pepeca? Saiba tudo sobre a região íntima feminina

Dica: um brinquedinho pode transformar tudo

E o que fazer quando a sua posição preferida não estimula muito o clitóris? Bom, nesse caso, há um sex toy que pode ajudar: o anel peniano. Com ele, a clássica papai e mamãe ou a posição em que a mulher fica por cima do homem passam a ser mais prazerosas ainda, já que, durante a penetração, a vibração do anel entra em contato com o órgão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.