Tamanho do texto

Uma pesquisa aponta que as pessoas ainda preferem aquilo que é considerado mais tradicional, como o sexo vaginal, oral e a masturbação

Muitas mulheres pensam sobre a possibilidade de fazer sexo anal, mas poucas têm coragem de arriscar, segundo indica uma recente pesquisa. Apenas 37% das mulheres aceitam praticar regularmente esse tipo de ato sexual. Isso indica que os casais ainda estão pouco propensos a experimentar novas formas de prazer.

Leia também: Sexo anal dói? Especialistas tiram as dúvidas sobre o assunto

Pequena parcela das mulheres se rendem ao sexo anal
shutterstock
Pequena parcela das mulheres se rendem ao sexo anal


A pesquisa publicada na revista PLOS One foi realizada por pesquisadores da Universidade de Indiana Bloomington e contou com a participação de 2.021 americanos. Os resultados também trazem outros dados interessantes, como que 43% dos homens já tentaram realizar o sexo anal .

Tabus

Outros tabus do sexo foram constatados, e os números mostram que apenas 10% das mulheres e 18% dos homens afirmam ter se aventurado em um momento íntimo a três, menos de 8% dizem ter ido a uma festa sexual e somente 10,9% das entrevistadas havia feito sexo oral, mesmo essa última prática estando entre as preferências sexuais de boa parte das pessoas.

Leia também: 43% das mulheres que têm problemas na vagina não procuram ajuda

De acordo com informações do portal britânico "Metro", quando se trata de fetiche, o desejo por pés foi citado, mas apenas 10,9% das mulheres já envolveu algo relacionado à podolatria no sexo, como simplesmente a ação de lamber essa parte do corpo.  

Preferência pelo tradicional

Curiosamente, quando a pergunta é sobre quais atos sexuais são os mais atraentes, homens e mulheres afirmam que são fãs do sexo vaginal, mas também gostam de sexo oral e masturbação. E sabe o que elas desejam durante o sexo? Serem beijadas e abraçadas e que o momento tenha um toque de romantismo. Por incrível que pareça, os homens desejam a mesma coisa.

Ousar ou simplesmente reprimir?

Bom, a pesquisa indica que se você é aquelas que não estão interessadas em experimentar algo novo não encontrará muitas divergências durante o sexo, pois os números deixam claro que as pessoas buscam aquilo que consideram mais comum.

Leia também: Mulher com duas vaginas conta experiências e diz que se sentia uma aberração

Porém, isso não indica que você deve se reprimir, afinal de contas não há nada anormal no sexo anal, nos vários tipos de fetiches e no sexo envolvendo mais de uma pessoa. Tudo depende da vontade do casal e se eles estão de comum acordo com as práticas, não há problema algum. Muitas mulheres têm interesse em experimentar algo diferente na cama, mas os tabus envolvendo o tema é o que geralmente as impedem.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.