Tamanho do texto

Acessório para mulheres promete provocar as mesmas sensações que sexo oral, mas o design curioso do brinquedo dividiu opiniões na internet

De anéis penianos que podem ser usados em casal até acessórios que podem ser controlados por aplicativos em smartphones, a gama de brinquedos eróticos à escolha em imensa. Um deles, porém, foge à regra de apenas vibrar ou simular penetração. De formato parecido com o de um moinho de vento, o brinquedo sexual “Sqweel 2” promete proporcionar as mesmas sensações que as mulheres sentem ao receber sexo oral. 

Leia também: Mulheres revelam o que não deve acontecer na hora de fazer oral nelas

Brinquedo erótico que simula sexo oral recebeu críticas na web por se parecer com um moinho de vento
Divulgação/Lovehoney
Brinquedo erótico que simula sexo oral recebeu críticas na web por se parecer com um moinho de vento

Apesar de parecer inovador e promissor (já que é difícil encontrar algo que reproduza o sexo oral ), a aparência bizarra do brinquedo dividiu opiniões e gerou polêmica na internet. Tudo começou com a postagem feita pela americana Brandy Jensen em seu perfil do Twitter, em que ela afirma: “Não é possível que esse brinquedo sexual, destinado a estimular o oral, tenha sido desenvolvido por uma mulher”.

Em seguida, a moça continuou a criticar o acessório, ironizando a ideia de que a prática do oral consiste apenas em lambidas rápidas. “Vamos pegar algo não efetivo e apenas repetir isso infinitamente”, afirma Brandy em outro tuíte. Logo, a americana recebeu uma enxurrada de comentários de outros usuários a respeito dos brinquedos, que traziam desde críticas ao objeto até comparações inusitadas e engraçadas.





“Mostrei essa foto ao meu namorado e perguntei a ele o que ele achava que fosse. A resposta: ‘Uma máquina do tempo?’”, diz outra internauta.





“Preciso disso o mais longe possível da minha vagina”, comenta outra.





"Isso parece familiar", brinca outra internauta.

Leia também: Estudo revela quantos brinquedos eróticos as pessoas costumam ter

Os comentários a respeito do brinquedo no Twitter deixam claro que o acessório não passa uma imagem positiva, mas será que utilizá-lo é realmente tão ruim quanto parece? De acordo com Erika Moen, que faz resenhas de apetrechos eróticos para seu site, o “Oh Joy Sex Toy”, a experiência que o “Sqweel 2” proporciona é única e engraçada, mas que a estimulação feita por ele nunca chegaria perto de fazê-la chegar a um orgasmo. Segundo uma crítica anônima postada no site “Autostraddle”, a sensação que usar o brinquedo em questão parece mais uma cutucada do que uma lambida.

De quem é a ideia?

No fim, Brandy estava certa: o "Sqweel 2" não foi criado por uma mulher. De acordo com informações do portal britânico "The Sun", o brinquedo foi desenvolvido por um artista chamado Trevor Murphy. "A ideia do 'Sqweel' veio para mim completamente formada quando eu estava caindo no sono em uma noite", afirma Murphy.

Leia também: Confira nove cuidados que você deve tomar com os brinquedos eróticos

O brinquedo erótico para mulheres também inspirou uma versão para homens
Divulgação/Lovehoney
O brinquedo erótico para mulheres também inspirou uma versão para homens


A promessa de recriar o sexo oral fez com que o brinquedo se tornasse bastante popular; até novembro do ano passado, a invenção havia rendido cerca de R$ 743 mil ao criador. O acessório feminino ainda inspirou a criação de outro que promete simular a prática em homens.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.