Tamanho do texto

Segundo psicólogo envolvido na análise, ambos os sexos expressaram relutância em se envolver com alguém com histórico sexual extenso

No filme “Qual Seu Número”, a atriz Anna Faris viveu Ally, uma jovem que fica horrorizada ao saber que a média de parceiros sexuais das mulheres estava muito abaixo que a sua marca: 19. Isso faz com que ela comece uma busca interminável pelos ex-namorados e ficantes, para que o número não aumente mais.

Leia também: Confira 7 formas de reinventar a conchinha e ter mais prazer no sex o

Personagem Ally, do filme
Reprodução
Personagem Ally, do filme "Qual Seu Número", descobriu que já havia transado com muito mais parceiros que suas amigas

Claro que deu errado reencontrar todos os caras, mas o maior problema é que Ally não acredita que poderia encontrar alguém que aceitasse seu número. Mas será que isso é verdade? Há uma quantidade aceitável ou não aceitável de parceiros sexuais? Segundo um estudo das universidades de Nottingham, Bristol e Swansea, no Reino Unido, sim.

Após entrevistar 188 pessoas, sendo 104 mulheres, os especialistas afirmaram que três seria o número ideal , tanto para os homens quanto para mulheres. A explicação seria que os solteiros buscam por companheiros já com certa experiência, para evitar alguém que seja ruim na cama ou até mesmo virgem.

Entretanto, aquelas pessoas com uma longa lista de parceiros já são vistas com maior chance de terem uma doença sexualmente transmissível ou até mesmo mais propensas a traírem. Os homens, neste caso, são mais abertos a se relacionarem com mulheres com maiores números, principalmente se querem apenas um relacionamento passageiro.

Por que três?

Após analisarem as respostas dos voluntários, os especialistas identificaram que tanto homens quanto mulheres, em sua maioria, procuravam por um relacionamento duradouro com pessoas que já foram para cama com até duas pessoas, mas aceitavam também até três.

“Contrariando a ideia de que a promiscuidade masculina é tolerada e a feminina não, ambos os sexos expressaram relutância em se envolver com alguém com um histórico sexual extenso”, afirma o psicólogo Steve Stewart-Williams em  reportagem do site “Daily Mail”.

Leia também: Veja 4 dicas de como fazer o parceiro ter orgasmos mais intensos

A diferença mais significativa entre homens e mulheres estaria na disposição em fazer sexo com alguém virgem. Eles são menos encanados com a experiência do que ela, que buscam por parceiros sexuais mais experientes. Apesar de três ter sido considerado o número ideal, os próprios voluntários não atingiram essa meta: a média de amantes foi de 5,8 para mulheres e 8.4 para homens.

    Leia tudo sobre: Amor
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.