Tamanho do texto

Jennifer Mulford, de 36 anos, tomou decisão após ler que a amamentação pode criar laços entre duas pessoas

Ao saber que a amamentação pode criar um laço entre duas pessoas, a norte-americana  Jennifer Mulford resolveu largar o emprego para ficar em casa amamentando seu namorado, Brad Leeson. 

Mulher decide largar emprego para ficar em casa amamentando o namorado
Reprodução/Facebook
Mulher decide largar emprego para ficar em casa amamentando o namorado


"Quando li sobre o laço que a amamentação poderia criar entre duas pessoas, eu senti inveja", conta ao site "The Sun". Ela ainda explica que sempre gostou de sentir seus seios sendo tocados durante o sexo. "Sabia que iria gostar disso".

Como a mulher de 36 anos não deu à luz recentemente, foi necessário induzir a lactação. Esse processo é feito a cada duas horas com uma bomba e o namorado ajuda sugando os seios de Jennifer. 

"As noites têm sido uma luta porque Brad dorme tão tranquilamente, mas conseguimos lidar - ele adormece como um bebê, 'grudado' em mim, o que é bonito", admite ela que ainda acrescenta dizendo que ingere uma bebida à base de plantas, criadas para gestantes para aumentar produção de leite. 

A ideia de ficar em casa amamentando o namorado partiu da própria mulher que sugeriu a hipótese ao marido. Segundo Jennifer, ele sente atração por mulheres com seios grandes da maternidade. "No momento em que eu sabia que era o meu companheiro para a vida, nós queríamos a mesma coisa para o relacionamento: um laço mágico que apenas a amamentação poderia alcançar", pontua.

Além disso, Brad, por ser fisioculturista, acredita que o leite materno pode ajudá-lo em seu condicionamento físico. 

O casal, que moram em Atlanta, nos Estados Unidos, querem ajudar a espalhar essa ideia, batizada de "Adult Breastfeeding Relationship", relação amorosa entre dois adultos através da amamentação. 

    Leia tudo sobre: Amor