Tamanho do texto

Regan foi vítima de um namoro abusivo e descontava suas frustrações na comida. Agora, celebra os quilos a menos e a autoestima reconstruída

Estar em um relacionamento abusivo, em geral, proporciona danos à saúde mental e pode ocasionar ansiedade e depressão, por exemplo. No de Regan Patterson, que vive em Orlando, na Flórida, o antigo namoro refletiu também nos seus hábitos alimentares e, para superar a frustração, ela recorria ao fast-food. 

Leia também: Tchau, dietas! 10 dicas para emagrecer sem sufoco e restrições no cardápio

jovem consegue emagrecer arrow-options
Reprodução/Instagram/@regan_patterson
Regan Patterson decidiu emagrecer depois de colocar um fim ao relacionamento abusivo e diz se sentir "incrível" agora


Em entrevista ao jornal The Sun , a jovem explicou que sempre praticou atividades físicas e cuidava do seu corpo, mas percebeu os efeitos negativos do relacionamento abusivo em 2011, quando ainda estava na faculdade.

"Comecei a comer fast-food todos os dias e deixei de fazer exercícios. Depois de ir para a faculdade, parei de me exercitar e negligenciei minha nutrição e ganhei muito peso", confessa Regan.

Leia também: 9 exercícios de musculação bem tradicionais, mas que são pura perda de tempo

Era hora de mudar

jovem consegue emagrecer com dieta flexível arrow-options
Reprodução/Instagram/@regan_patterson
A norte-americana decidiu mudar seus hábitos em 2015 e, atualmente, se dedica a manter os resultados obtidos

A guinada começou quando Regan colocou um fim ao namoro abusivo. Logo depois, insatisfeita com o peso e com a autoestima muito baixa, percebeu que era o momento de investir no seu bem-estar e decidiu emagrecer e reverter a obesidade, que estava no início.

Para começar, Regan reviu sua dieta e se reeducou. Retirou do cardápio comidas gordurosas e junk food e passou a praticar caminhada regularmente. Depois, investiu em treinos na academia, em especial musculação.

Ela reforça a importância de ter equilíbrio na jornada para perder peso e não ignorar as próprias vontades. "Minha dieta é muito flexível. Eu me concentro em alimentos integrais e em nutrientes 80% do tempo, e guloseimas e alimentos que amo em 20% do tempo", explica. "Muitas carnes magras, legumes, grãos integrais. Mas se eu realmente quero um hambúrguer, sorvete ou rosquinha, eu como com moderação", acrescenta a jovem.

Outro fator destacado por Regan é que ela não estipulou prazos ou metas para emagrecer. "Eu estava determinada a não me importar quanto tempo levaria, só sabia que não iria desistir. Flexibilidade e paciência são importantes", enfatiza ela.

processo de emagrecimento arrow-options
Reprodução/Instagram/@regan_patterson
A jovem mostrou em fotos como ocorreu seu emagrecimento

"Muitas pessoas são muito rígidas no que diz respeito a perder peso , e sentem que não conseguem aguentar isso e acabam desistindo. A perda de peso é um processo de longo prazo, por isso é importante encontrar equilíbrio e paciência. É uma maratona, não uma corrida", pontua.

Nos dois primeiros anos de novos hábitos, a norte-americana eliminou 36 kg e agora se dedica a manter o corpo definido e a qualidade de vida, além de ajudar outras pessoas que querem eliminar alguns quilos ao trabalhar como personal trainer.

"Eu me propus a ficar mais saudável e consegui", destaca ela, que ressalta a importância da caminhada rumo ao peso ideal: "Me fez sentir que posso fazer qualquer coisa".

Leia também: "Achamos que falar 'gordinha' reduz o problema", diz mulher após emagrecer 60 kg

Acreditar em si mesmo é fundamental

emagrecer arrow-options
Reprodução/Instagram/@regan_patterson
Para ela, além do apoio de amigos e familiares, é essencial acreditar em si mesmo para ter êxito na jornada

Regan Patterson afirma ter tido muito apoio de amigos e familiares, mas ressalta que isso não adiantaria nada se ela não acreditasse em si mesma. Além disso, a jovem conta ser "incrível" se sentir bem com o próprio corpo.

"Eu costumava perder as coisas por ser tão insegura. Muitas viagens e passeios perdidos na praia por causa do meu corpo. Agora não tenho mais esse problema", celebra.

Para finalizar, a moça aconselha quem quer emagrecer a ser "paciente e gentil" consigo mesmo. "Vai levar mais tempo do que você deseja, mas seja paciente e os resultados chegarão", garante ela.

    Leia tudo sobre: dieta