Tamanho do texto

Se você não vive sem um café, seu corpo já está mais do que acostumado com a cafeína. Mas e se você decidir tirar essa bebida da rotina, o que acontece?

Women's Health

Seja um carioca, um capuccino ou até mesmo um refrigerante com a substância, seu organismo nota a falta dela! Curiosa para saber como fica o seu corpo sem cafeína ? Então veja abaixo:

Leia também: De vilão a mocinho: agora tomar café de 3 a 4 vezes por dia ajuda a emagrecer

mulher tomando café arrow-options
shutterstock
Ficou sem beber café e parece que está sentindo mais fome? Esse é só um dos "sintomas" da falta de cafeína no corpo


1. Irritabilidade

Estava acostumada a tomar sempre? Talvez seja bom avisar seus colegas de trabalho sobre a mudança para eles se prepararem. “A cafeína causa uma dependência física moderada, então desistir dela tem seus efeitos colaterais”, conta Linia Patel, nutricionista do esporte do Reino Unido. Os mais perceptíveis são dor de cabeça e irritabilidade.

2. Cansaço

É claro que, deixando de lado o que costumava ser o seu combustível, seu corpo vai se sentir cansado. “A cafeína ativa os receptores de adenosina do cérebro , prevenindo a mente de se sentir cansada”, diz Linia. Para compensar, o seu cérebro desenvolve mais deles, então precisa de cada vez mais cafeína para eliminar a fadiga. Quando você desiste dela por completo, esse efeito vem à tona.

Leia também: Café x chá verde: qual a melhor opção para "acordar" e até para emagrecer?

3. Fome

Quando você ingere essas bebidas como se fossem água, é o seu intestino que paga o preço. Há até quem perceba o quanto a cafeína afeta os movimentos intestinais. Isso significa que cortar o ingrediente vai “bloquear os canos”. “Coma mais alimentos com altas fibras, como frutas e legumes, e se mantenha hidratada e ativa”, orienta Linia.

4. Dor de atleta

“Na nutrição do esporte, a cafeína é usada como um ajudante ergogênico (que ajuda na performance), pois economiza o glicogênio dos músculos e diminui a percepção da fadiga ”, conta Linia. Você ainda vai conseguir atingir seus objetivos sem ela se procurar se alimentar
corretamente no pré-treino (com proteínas e carboidratos) e não se esquecer de se manter hidratada durante a atividade física.

5. Fome constante

Roubando um snack da gaveta a cada cinco minutos? “A cafeína contém psicoquímicos chamados ácidos clorogênicos, que diminuem o apetite”, explica Linia. Tampe esse buraco ingerindo esses ácidos de outros alimentos, como mirtilos, maçãs, peras e anchovas, para evitar as beliscadas.