Carnaval está aí e com ele vem as festas nos salões, os bloquinhos, os desfiles das escolas de samba e as bebidas alcóolicas. É uma latinha de cerveja aqui, um drinque ali... E no dia seguinte a chance de acordar com uma bela dor de cabeça - para falar o mínimo - é grande. Então o que fazer na folia para evitar ressaca?

undefined
shutterstock
Para evitar ressaca vale prestar atenção na ingestão de líquidos e também qual alimento vai consumir com as bebidas

O primeiro alerta é, se decidiu ingerir bebidas alcóolicas, saiba dos risco e consuma com moderação. Além disso, selecionamos dicas de médicos e nutricionistas de práticas simples para evitar ressaca

O que beber para evitar ressaca?

undefined
shutterstock
Água de coco ajuda a manter o corpo hidratado e. com isso, a evitar ressaca

Uma dica clássica é investir em água junto com a bebida escolhida, intercalando um copo de cerveja e um copo de água, por exemplo. Segundo especialistas, é indicado o consumo de água porque o álcool desidrata o corpo e isso precisa ser recompensado - ou os efeitos da bebida serão ainda piores. 

Também é preciso continuar bebendo água depois da folia. "É importante para não ficar desidratado e evitar ressaca, pois o organismo leva de 12 a 18 horas para metabolizar o álcool", ressalta o médico nutrólogo Alexander Gomes de Azevedo. E de acordo com ele, essa dica dos tempos da vovó vale para todos os tipos de bebida.

Mas para seguir essa dica não precisa apenas beber água junto com a cerveja ou outra bebida. Pode ser usado, por exemplo, água de coco, que ainda conta com bons nutrientes.

"Composta predominantemente por água (95% de seu conteúdo), vitaminas, sais minerais, carboidratos, aminoácidos e antioxidantes, a bebida promove benefícios que vão da hidratação à diminuição do estresse, até a prevenção de doenças como o câncer”, afirma Lívia Nogueira, nutricionista do Oba Hortifruti. 

Para completar, a água de coco tem alto poder hidratante para o corpo já que é capaz de reabastecer os eletrólitos que são perdidos no suor  e na urina. A nutricionista dá mais detalhes disso. 

Como ela explica, ao ingerir bebida alcóolica é comum ter mais vontade de fazer xixi porque é estimulada a eliminação de água do corpo através da urina - por isso a bebida, como já foi comentado, provoca desidratação. E o organismo desidratado sofre com dores de cabeça, náuseas, fadiga, mal-estar e tonturas. 

Para contornar esse cenário, vale apostar na água de coco também após o carnaval. "Beber água de coco (cerca de 500ml a 1 litro) horas depois ou no dia seguinte à bebedeira promoverá a reposição dos líquidos e eletrólitos perdidos, amenizando os desconfortos. A quantidade exata dependerá de cada organismo e do tanto de álcool consumido”, orienta Lívia. 

Seja antes, durante ou depois da folia, também vale usar a água de coco como ingrediente para sucos refrescantes e hidratantes. A nutricionista ensina duas receitas: 

Suco de coco , água de coco e morangos

  • 10 morangos
  • 1 copo (200 ml) de água de coco
  • 100g de polpa de coco
  • adoçante a gosto

Bata o morango , a polpa de coco, a água de coco e o adoçante no liquidificador, até formar um creme. Sirva em seguida.

Suco de água de coco, polpa de coco e uvas verdes

  • 1 copo (250ml) de água de coco
  • 1/2 xícara (chá) de uvas-verdes sem semente
  • 200g de polpa de coco
  • Suco puro de 1/2 limão

Leve os ingredientes ao liquidificador e bata até obter uma mistura homogênea. Adicione gelo e adoce se necessário. Consuma logo em seguida.

Mais uma opção para repor sais minerais é o isotônico. De acordo com Alexander, esse produto também é uma opção na hora de intercalar com a bebida alcóolica , mas não deve ser consumido de maneira exagerada.

"Em excesso, os isotônicos dificultam a perda de peso, sobrecarregam os rins e podem contribuir para o aumento da pressão sanguínea", alerta o nutrólogo. 

O que comer para evitar ressaca

undefined
shutterstock
Receitas com ovos são uma boa pedida para evitar ressaca já que são fontes de proteína

A alimentação também pode dar uma mãozinha na tentativa de evitar ressaca, e a regra clássica aqui, como lembra a nutricionista Angelina Zapponi, é nunca beber de estômago vazio. Portanto, antes do bloquinho e do baile de carnaval, alimente-se bem e de maneira saudável. 

Já segundo Juliana Garcia Dias, membro titular Sociedade Brasileira em Endocrinologia e Metabologia e membro da Endocrine Society, uma dica é consumir uma proteína ao invés de carboidrato com as bebidas. Isso porque a proteína retarda a absorção dos açúcares das bebidas - quanto mais rápida for essa absorção, mais rápido terá a sensação em embriaguez.

Você pode ainda consumir esses nutrientes antes de partir para o carnaval. Uma ideia simples é apostar no ovo , como destacou Lúcia Endriukaite, nutricionista do Instituto Ovos Brasil, em reportagem prévia aqui do Delas , pois trata-se de um alimento rico em proteínas e também em gorduras boas para o corpo. 

O coco também tem espaço por aqui. Como ressalta a nutricionista do Oba Hortifruti, a polpa do fruto é mais um exemplo de alimento com gordura boa e que "ajuda a repor energia perdida por causa do consumo de álcool". 

O cuidado com a dieta também deve ser mantido após a folia. "No dia seguinte, invista no consumo de alimentos que auxiliam o processo de destoxificação hepática, como brócolis, couve, repolho, frutas vermelhas e alho - além de muita água", recomenda Angelina. 

O conhecido  suco detox também é bem-vindo nesse momento. São diversas as combinações possíveis, mas geralmente essa bebida leva couve, que além de não deixar um sabor residual, ajuda a fortalecer o sistema imunológico e na absorção de ferro. Ela pode ser combinada com itens como maçã, limão, hortelã e gengibre. 

Vai beber? Beba com moderação

undefined
shutterstock
Ter moderação na hora de ingerir bebidas alcóolicas é a grande dica para evitar ressaca e problemas graves de saúde

Já falamos lá no começo, mas não custa reforçar. A principal dica é consumir bebidas álcoolicas com moderação. Uma ideia é escolher aquela opção que você vá beber menos. "Gin, vodca e saque, que possuem um teor alcoólico maior, geralmente são melhores opções quando comparadas à cerveja porque ingerimos mais lentamente. Apostar em bebidas mais refrescantes como Clericot (à base de vinho branco e frutas) também é uma ótima pedida", comenta Angelina.

Além disso, vale lembrar dos problemas dos exageros nas bebidas com álcool. Ainda durante o carnaval o fígado, principal responsável por metabolizar as substâncias presentes no organismo, já pode começar a reclamar. 

“A curto prazo, as doses excessivas de álcool podem sobrecarregar o órgão, causando uma intoxicação que pode resultar em coma alcoólico", alerta Cassia Leal, hepatologista do Hospital dos Servidores do Estado do Rio de Janeiro. "Com o passar do tempo, o consumo pode provocar um quadro de cirrose hepática, que pode progredir para um câncer”, continua a médica. 

E nem é preciso de muito para já ter problemas. "Estima-se que a ingestão de aproximadamente quatro latinhas de cerveja, três doses de uísque ou vodca, um copo de cachaça e menos de uma garrafa de vinho, diariamente por aproximadamente 10 anos, no caso dos homens, e apenas metade dessa quantia para mulheres, é suficiente para causar a cirrose”, fala Cassia.

Ou seja, se vai beber, não exagere. Assim vai evitar ressaca e também diversos outros problemas de saúde. 


    Veja Também

      Mostrar mais