Tamanho do texto

Quando percebeu que estava pesada demais para a balança que tinha em casa - cujo limite era 185 kg -, Noelle decidiu mudar de vida, documentando tudo no Instagram. Hoje, ela pesa 83 kg e está mais saudável e feliz que nunca

Após atingir um certo peso, só é possível emagrecer e vencer a obesidade com a ajuda de cirurgias, certo? Errado. É o que mostra norte-americana Noelle Dawson, que, após perceber que seu peso estava alto demais até para ser medido pela balança que tinha em casa, decidiu mudar de vida e passou por uma transformação que documenta detalhadamente na web.

Leia tudo sobre tipos de dieta, perda de peso e alimentação saudável aqui!

Do choque a um novo estilo de vida

Após ver que era pesada demais para a balança que tinha em casa, Noelle decidiu mudar de vida e venceu a obesidade
Reprodução/Instagram @transforming_noelle
Após ver que era pesada demais para a balança que tinha em casa, Noelle decidiu mudar de vida e venceu a obesidade


Conforme explica em um vídeo compartilhado por ela no próprio canal do YouTube, Noelle – que costumava ser ginasta na juventude – tentou perder peso de diversas formas diferentes e, segundo ela, testou todos os métodos que não eram cirúrgicos para vencer a obesidade , sem muito sucesso.

Mesmo que já se sentisse desconfortável por não conseguir acompanhar o pique dos filhos ou fazer coisas simples, como sentar-se no chão para montar um quebra-cabeça com eles, o confronto mais chocante que teve com a realidade ocorreu em 2016. “Eu pisei na balança e ela deu erro, então eu testei um novo par de baterias pensando que estavam fracas. Deu erro novamente”, comenta.

Leia também: Segundo especialistas, algumas dietas comprometem a saúde bucal; saiba quais

O peso máximo medido pela balança que Noelle tinha em casa era 185 kg, mostrando que a norte-americana pesava mais que isso. “Eu fiquei completamente devastada e não conseguia acreditar que tinha fugido tanto do controle com a minha saúde. Isso foi o fundo do poço para mim”, afirma. Decidida a mudar de vida, Noelle buscou ajuda, começou a se exercitar e a seguir uma dieta com menos carboidratos e mais proteínas.

Conforme os resultados de uma melhor relação com a comida, de cortar o “fast food” e da atividade física foram aparecendo, a mulher começou a documentar as mudanças no corpo e os alimentos que estava consumindo em sua conta do Instagram, chamada “Transforming Noelle” (em português, “transformando Noelle”). Hoje, após Noelle perder 104 kg, a página já reúne mais de 40 mil seguidores que incentivam a mulher a seguir com seu estilo de vida saudável.

Atualmente, faz seis meses que Noelle chegou aos 83 kg e os mantêm. Além de mostrar a transformação que sua forma física sofreu, a norte-americana também posta fotos e vídeos praticando esportes e fazendo coisas que, com o peso extra, não conseguia – como movimentos da ginástica olímpica que envolvem ficar de cabeça para baixo, por exemplo.

Leia também: Australiana passa a cozinhar, perde 34 kg e ainda economiza R$ 200 por semana

Como perdeu muito peso, Noelle ficou com a pele flácida em diversas regiões, como a barriga e os braços. Isso, porém, não a incomoda e representa a vitória dela contra a obesidade . “Muitas pessoas me disseram ter medo de perder peso e ficar com excesso de pele. Não quero desrespeitar ninguém, mas prefiro ter a pele flácida do que não ser saudável. Aprendi a aceitar a pele, é meu troféu por todo sangue, suor e lágrimas que investi nessa jornada”, escreve ela.

    Leia tudo sobre: Dieta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.