Nutricionistas indicam consumir chocolate com alto teor de cacau, mas você sabe como escolher diante de tantos números?

A Páscoa chegou e a data é sinônimo de chocolate. Porém, qual a versão que cabe em sua dieta e até faz bem para a saúde? Nutricionistas indicam escolher as versões com alto teor de cacau, mas você sabe se entender no meio de tantos números? 50% cacau já é um doce bom? 85% é amargo demais? 

Leia também: 5 mitos e verdades sobre os chocolates amargo, branco e ao leite

Qual tipo de chocolate cabe na dieta?
shutterstock
Qual tipo de chocolate cabe na dieta?


Para ajudar, a nutricionista Sinara Menezes, do Nature Center, detalha a tabela com a porcentagem de cacau do chocolate. Assim ficará mais simples saber qual versão escolher nesta Páscoa - ou em qualquer época do ano. 

50% cacau : é o primeiro passo para que busca um doce mais saudável. Aqui o sabor ainda é suave, mas já é possível garantir um pouco os benefícios do cacau - fruto rico em substâncias antioxidantes que combatem os radicais livres, como os flavonoides, e polifenóis, que ajudam a reduzir os níveis da pressão arterial e melhoraram a saúde do coração. 

60% cacau: o amargo passa a ficar mais acentuado e há uma maior sensação de retrogosto, quando se continua com o sabor na boca mesmo depois de ter ingerido todo o alimento. 

75% cacau: é a versão mais consumida e é conhecida por equilibrar qualidade e sabor. Segundo a nutricionista, é menos amargo é  anterior. 

85% cacau:  primeiro da lista que não contém açúcar na fórmula. O sabor é intenso e geralmente tem uma textura agradável, que derrete na boca. 

99% cacau:  aqui é a composição é inteira de cacau, o que resulta em um sabor amargo e até salgado. Não fácil de ser encontrado e pode causar estranheza a princípio, mas é o mais saudável e com maior quantidade de flavonoide. 

Leia também: Qual a melhor maneira de consumir açúcar na dieta?

Como mudar do ao leite para o amargo?

A versão que comemos desde a infância geralmente é a ao leite. O problema é que grande parte desse produto não é cacau e, sim, gordura. Se está acostumado apenas com essa versão, tente começar pelo 50% cacau. Depois, a sugestão de Sinara é partir para o 75%, que já é amargo, mas ainda tem um sabor palatável e alto valor nutritivo. 

Leia também: 10 truques para "enganar" a mente e comer menos

E preste atenção a quantidade. Não é porque o chocolate tem mais cacau que deve ser consumido em abundância. Aproveite a Páscoa, mas não precisa comer o ovo inteiro em um dia, como brinca a nutricionista. Aos poucos, também tente incluir as outras versões em receitas. Nibs do doce 99% cacau combinam com bolos e frutas, por exemplo. 

    Leia tudo sobre: dieta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.