Tamanho do texto

Com atitudes simples e nada mirabolantes, Jennifer Moats eliminou o peso que a incomodava e agora é feliz com o novo corpo

A americana Jennifer Moats tem mais uma daquelas histórias que podem inspirar você a sair do sofá e buscar mais qualidade de vida. Ela encarou o divórcio, mudou habitos alimentares e eliminou nada menos que 57 kg em um ano. E foram simples dicas para emagrecer que deram resultado. 

Leia tudo sobre dieta

Antes e depois de Jennifer Moats. Veja dicas para emagrecer simples que ela adotou na nova fase após o divórcio
Reprodução/Today
Antes e depois de Jennifer Moats. Veja dicas para emagrecer simples que ela adotou na nova fase após o divórcio

Ao programa de TV norte-americano "Today", Jennifer deu 5 dicas para emagrecer de forma saudável e compartilhou sua história. Ela sempre lutou contra a balança, principalmente depois da chegada do segundo filho, chegou a pesar 107 kg e estava com o alerta ligado na saúde, com pressão alta e no limite para desenvolver diabetes. Após a separação, aos 29 anos, decidiu mudar. 

"Pensei que era muito nova para ficar carregando esse peso todo", fala ao programa. "Queria ter certeza que estaria sempre aqui pelos meus filhos. Queria mostrar para eles como era ser saudável". 

Depois de um ano, ela chegou aos 50 kg e ainda continua se cuidando: "Ainda me vejo como obesa. Luto contra isso todos os dias". 

Veja as dicas de Jennifer para conquistar o novo peso: 

1. Mude a dieta

Para começar, Jennifer diz que cortou todo o açúcar e os refrigerantes do cardápio. Feito isso, ela afirma que já sentiu mudança no peso. 

Depois, ela notou que os que amigos estavam comendo menos carboidratos e também decidiu riscá-los do cardápio. Embora não recomende que se elimine carboidratos radicalmente, ela parou de comer alimentos como arroz, pães e cereais. 

Ela ainda mostra um exemplo de refeições em um dia: 

café da manhã: duas claras de ovo com uma proteína, como presunto

almoço: shake de proteína e salada

jantar: carne ou peixe, vegetais e uma porção de frutas ou uma banana. 

12 alimentos que ajudam a perder peso

2. Faça exercícios

Só alimentação não basta, é preciso se movimentar. Jennifer dividia a rotina de exercícios em 30 minutos pela manhã e 30 à tarde. O primeiro treino era focado no cardio, com corridas na esteira ou movimentos no elíptico. A segunda sessão do dia era voltada para fortalecimento, dando atenção ao core (região abdominal e das costas). 

O segredo é não desanimar. Quando Jennifer pensava em não malhar, logo imaginava os filhos e que queria ficar saudável por eles, então mandava a preguiça embora. 

Ela também diz que contava com amigos para se exercitar e não desistir. 

HIIT é melhor opção para quem quer perder calorias em treinos curtos

3. Pausa para você

A americana estabeleceu um dia livre, geralmente a sexta-feira, para comer o que tivesse vontade, como pizza ou sorvete. 

Também dava uma pausa nos exercícios aos finais de semana. 

4. Saiba lidar com os desejos

Se ela tinha muita vontade de comer alguma coisa, se permitia um deslize na dieta. Entretanto, se o desejo era por açúcar, a opção era comer uma fruta, que geralmente tem o sabor adocicado. 

Jennifer explica que foi importante entender essas vontades e lidar com elas. "Antes eu comia doces porque tinha em casa para as crianças e também para aliviar as tensões e lidar com a emoção. Depois do divórcio, tudo ficou mais fácil", comenta. 

5. Tenha o pensamento correto

As dicas para emagrecer podem funcionar para uns, mas não para outros. Se não conseguir seguir os 30 minutos de exercício, comece com 10, isso já é melhor do que ficar no sofá, sugere a americana. Também é preciso lembrar que emagrecer leva tempo, assim como engordar (não se ganha 50 kg de um dia para o outro). Jennifer diz que conseguiu ajustar a mente para seu objetivo. Aos poucos, perdeu peso e chegou ao que considerava ideal. "Foi apenas trabalho duro", resume. 

    Leia tudo sobre: dieta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.