Tamanho do texto

Praticar exercícios faz bem para o corpo e para a mente e ainda pode reduzir em 30% das chances de aparecer algum tipo de tumor nas mamas

O exercício físico é bem-vindo na rotina. Ele ajuda a perder peso, para quem emagrecer, ou a tonificar os músculos, para quem crescer. Também traz diversos benefícios para a saúde e pode até ajudar a prevenir e cuidar de tumores. 

Mulheres com câncer de mama relatam crescimento diante da adversidade

Tumores e câncer de mama podem ser prevenidos com exercícios
Getty Images
Tumores e câncer de mama podem ser prevenidos com exercícios


Segundo o ginecologista e obstetra Domingos Mantelli, praticar uma atividade física e seguir uma alimentação balanceada pode reduzir em 30% a chance de desenvolver alguns tumores , como o câncer de mama

Gordura e o câncer

"Quanto mais estrogênio circulante maior a probabilidade de ter câncer de mama", afirma o médico. Esse hormônio faz parte da vida das mulheres e está mais presentes naquelas que menstruam mais cedo, ou entram na menopausa muito tarde, ou não engravidaram. 

Há também uma relação com os quilinhos a mais. Domingos lembra que " tecido adiposo é produtor do hormônio estrogênio". E é nesse tecido que estão as células de gordura. Ou seja, quem está acima do peso e ainda é sedentário provavelmente terá mais tecido adiposo do que aqueles que estão em boa forma e se movimentam.

A combinação exercício e alimentação equilibrada é a chave para reduzir os índices de gordura e, com isso, diminuir a relação com a produção de estrogênio

Após câncer de mama aos 17, jovem se lança na moda: "Não sabem como sobrevivi"

Mais exercícios físicos

Praticar uma atividade ainda tem outro ponto positivo: libera hormônios, como endorfina, que dão sensação de bem-estar . Por isso, os exercícios atuam na prevenção e também são indicados, sob orientação médica, para quem já tem algum câncer ou tumor. Movimentar o corpo traz essas boas sensações, que podem até deixar o tratamento um pouco mais ameno. 

Pensando nisso, Felipe Kutianski, preparador físico da Ziva Brasil, montou um treino que trabalha a região das mamas. A ideia é começar de maneira leve e moderada e, aos poucos, aumentar cargas e repetições e incluir novos movimentos com acompanhamento de um educador físico. Veja os exercícios:

Agachamento

Agachamento
Divulgação/Ziva Brasil
Agachamento

Em pé, posicione as mões atrás da cabeça. Afaste os pés até que eles fiquem alinhados com os ombros. Desça o corpo, como se fosse sentar em uma cadeira. Cuidado para que os joelhos não ultrapassem a ponta dos pés. Faça de 3 a 4 séries, com 12 a 15 repetições. 

Afundo

afundo
Divulgação/Ziva Brasil
afundo

De novo coloque as mãos atrás da cabeça. Dê um passo a frente e flexione o joelho até formar um ângulo de 90º. Volte a posição inicial. Faça de 3 a 4 séries, com 12 a 15 repetições para cada perna. 

Prancha reta

Prancha
Divulgação/Ziva Brasil
Prancha

Esse exercício trabalha toda a região do core (abdômen e lombar). Mantenha o corpo o mais reto possível. Faça de 3 a 4 séries, mantendo a posição por 30 segundos ou mais. 

Abdominal supra

Abdominal
Divulgação/Ziva Brasil
Abdominal

Deite-se de barriga para cima e flexione os joelhos, deixando os pés apoiados no chão. Eleve o tronco até retirar os ombros do solo e volte. Cuidado para não apioar as mãos e fazer força no pescoço. Faça de 3 a 4 séries, com 15 a 25 repetições. 

Escalada

Escalada
Divulgação/Ziva Brasil
Escalada

O exercício simula o movimento de subir uma montanha. Apoie pés e cotovelos no chão e traga uma perna de cada vez junto ao peito, como mostra a imagem. Aumente o ritmo de acordo com seu condicionamento físico. 

Corda

Pular corda é uma excelente atividade aeróbica e ajuda a queimar gordura. Além disso, trabalha todo o corpo. Faça sessões de 10 segundos pulando sem parar para começar. 

"Corrida é minha válvula de escape contra o câncer. Corro e volto mais forte"

Dieta balanceada

Como já foi citado, a alimentação também é fundamental na prevenção de tumores. Alguns alimentos, como ressalta o ginecologista Domingos Mantelli, também têm papel importante na luta contra o câncer de mama. "As crucíferas, por exemplo, têm uma substância chamada indol 3 carbinol, que previne o câncer de mama", fala Domingos. Estão nessa categoria verduras e legumes como couve, couve flor, couve de Bruxelas, brócolis e repolho. O médico indica consumir esses alimentos três vezes por semana. Também é possível fazer uso de suplementos que contenham a indol 3 carbinol, prescritos por um profissional. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.