Tamanho do texto

Profissional fala sobre os benefícios de optar por uma reposição homonal. Veja porque esse assunto gera tanta polêmica e como pode ajudar

Entre os 45 e 55 anos começam a aparecer os primeiros sintomas na menopausa . Nesta fase, a menstruação começa a ser interrompida, a sensação de calor aumenta, suores noturnos aparecem, insônias atrapalham o momento de descanso, o desejo sexual diminui, entre outros sintomas desagradáveis. Conforme a idade vai avançando isso pode piorar, mas não se desespere! É possível melhorar a qualidade de vida e diminuir os riscos de doenças fazendo uma reposição de hormônios .

Reposição de hormônios na terceira idade pode trazer benefícios
Pinterest
Reposição de hormônios na terceira idade pode trazer benefícios


Segundo o Comitê de Nomenclaturas da Federação Internacional de Ginecologia e Obstetrícia, é na fase da menopausa que mulher passa do estágio reprodutivo para o não reprodutivo e com a diminuição da produção de hormônios, a chance de aparecerem doenças cardiovasculares e osteoporose aumenta.

Benefícios da reposição hormonal

O ortomolecular Dr. Rainer Moreira fala que, nessa fase, a mulher passa a ter uma deficiência de hormônios chamados estrogênio e progesterona . “A reposição hormonal na terceira idade estimula a produção de colina-acetiltransferase, enzima diretamente envolvida na prevenção de Alzheimer. Também aumenta a taxa anabólica, melhora a resistência à insulina, regula a temperatura corporal, previne o catabolismo muscular, aumenta o fluxo sanguíneo, entre outras coisas”, diz.

O especialista lembra que para os homens que estão passando pela andropausa, a testosterona , utilizada com valores normais, tornam-os menos vulneráveis a ataque cardíaco, hipertensão arterial, obesidade e depressão.

Mitos e verdades sobre reposição hormonal

Como fazer a reposição

Os tipos de aplicação hormonal são bem variados. O ortomolecular conta que é possível encontrar no mercado versões injetáveis e em gel. Também existe uma aplicação que é feita com um chip, uma tecnologia de última geração.

Polêmicas

Vale lembrar que a reposição de hormônios muitas vezes gera polêmicas. Diversos estudos são feitos acerca do tema e alguns profissionais não apoiam o uso desses medicamentos. Por um lado, alguns profissionais acreditam que a utilização alivia os sintomas da menopausa e diminui o risco de diversas doenças. Porém há quem acredite que a reposição faça exatamente o contrário, aumentando o risco de doenças.

Prescrição médica

De qualquer forma, tome cuidado! Rainer alerta que para fazer uma reposição hormonal é preciso sempre da ajuda de um profissional. “Utilizar esses medicamentos acompanhamento pode aumentar o risco de trombose, piorar um câncer, aumentar a próstata (no caso dos homens), aumentar a quantidade de acne, a perda de cabelo (alopecia), levar a depressão e outos problemas sérios”, fala o especialista.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.