Selma Blair, atriz de
Reprodução/Instagram
Selma Blair, atriz de "Segundas Intenções", lança documentário intimista sobre sua vida com esclerose múltipla

Selma Blair, atriz de "Segundas Intenções" e "Legalmente Loira", lançou o “Introducing, Selma Blair”, documentário sobre sua convivência com a esclerose múltipla durante o Hamptons International Film Festival, no último sábado, 8. A artista foi diagnosticada com a doença em 2018 e a produção mostra um olhar sensível de como é o dia-a-dia com a doença. 

Blair, de 49 anos, conta que sofreu com sérias dores físicas por conta da esclerose, resultando em dificuldade de fala e perda de movimentos da perna esquerda. Na produção, ela mostra como foi sua experiência com o transplante de células-tronco e também o uso de quimioterapia. 

Ao ser apresentada durante o festival, a atriz recebeu muitos aplausos e ficou bem emocionada, mas explicou o motivo em seguida. "Eu também tenho um efeito pseudobulbar, então, não consigo parar de chorar. (...) Eu gostaria de me reunir com mais cuidado na frente da multidão. Isso significa muito.", disse. O efeito causa risos e choro involuntários devido um distúrbio do sistema nervoso. 

O documentário mostra como Arthur, filho da atriz de apenas 10 anos, a ajuda a não desistir e seguir em frente mesmo com as dificuldades da doença. À People, ela contou: “No passado, eu realmente não teria aceitado meu próprio julgamento de não ser capaz de conter minhas emoções, mas me senti um pouco protegida. As pessoas aqui são muito gentis e pacientes, e espero eles gostaram".

Recentemente a atriz contou que está em remissão após um surto grave de esclerose múltipla. "As células-tronco me colocaram em remissão. Demorou cerca de um ano depois das células-tronco para que a inflamação e as lesões realmente diminuíssem", contou ela em um painel da Discovery+TCA. O documentário será transmitido pela discovery+ em 21 de outubro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários