R.Kelly
Reprodução/Instagram
R.Kelly


Após cinco semanas de depoimentos que incluíram relatos pessoais cruéis de abuso sexual, físico e emocional, os promotores que buscam condenar Robert Sylvester Kelly, mais conhecido como R. Kelly, por extorsão e tráfico sexual encerraram a apresentação de seu caso nesta segunda-feira (20).


O cantor que triunfou nos anos 1990 e no início dos anos 2000 enfrentou acusações de má conduta sexual por décadas, porém só foi julgado uma vez por pornografia infantil, processo do qual foi absolvido.

Em um tribunal no Brooklyn, Nova York, promotores federais chamaram 45 testemunhas, incluindo 11 acusadores, nove mulheres e dois homens, em sua tentativa de retratar Kelly como o chefe de uma organização criminosa que lhe permitiu ue lhe permitiu atacar mulheres e menores durante quase 30 anos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários