iG Delas

Colunistas

enhanced by Google
 

Jogo da Conquista

O dating coach Rodrigo Farah dá dicas de sedução e paquera

é jornalista e consultor de conquista e paquera

A atração não é uma escolha

Rodrigo Farah estreia coluna no Delas e ensina técnicas de flerte e sedução

26/01/2012 10:22

  • Mudar o tamanho da letra:
  • A+
  • A-
Compartilhar:

“A atração não é uma escolha”. Pense nisso. Se fosse, você buscaria sempre a pessoa que te faz bem – aquele bom moço que te leva rosas e abre a porta do carro para você entrar. Mas ela não é!

“Por que sempre escolho o tipo errado e me apaixono pelo lobo mau?” – E o pior: “Por que ele não gosta de mim da mesma forma?”. Estas são apenas algumas das questões que muitas mulheres (e você, também) já enfrentaram no Jogo da Conquista.

Foto: Getty Images Ampliar

A conquista pode ser mais lógica do que você imagina

Mas saiba que há formas simples de melhorar e inverter a situação. E esta coluna foi criada justamente para ajudá-la a seduzir seu alvo, qualquer um que seja.

Como fazer isso?

A frase do especialista em sedução David DeAngelo “A atração não é uma escolha” fala que não temos controle sobre os nossos desejos humanos. Não escolhemos por quem nos apaixonar. Mas isso funciona para os dois lados. Nós homens também não temos esse poder.

A atração nada mais é do que uma resposta emocional automática a certos estímulos – sejam eles boa aparência, uma personalidade ativa, inteligência... por ai vai. E se você souber utilizar tais estímulos – e qualidades – de maneira consciente, então terá o poder de seduzir o seu sonho de consumo.

Foto: Getty Images Ampliar

Os sinais estão por todos os lados

É por isso que a atração pode ser gerada deliberadamente em seu alvo e, assim, suas chances de conquistar o homem que sempre desejou vão aumentar com o uso das técnicas certas.

Nas últimas duas décadas, o estudo da sedução cresceu de maneira exponencial nos Estados Unidos. E com isso foram criadas várias escolas de pensamentos com o intuito de despertar as reações químicas da atração no cérebro do alvo escolhido. É isso o que vamos debater ao longo desta coluna quinzenal.

Vou compartilhar casos reais e passarei algumas técnicas baseadas em áreas da programação neurolinguística e psicologia evolutiva, por exemplo, que a ajudarão a conquistar seu pretendente e deixar outros homens aos seus pés.

Também responderei perguntas e farei o máximo para te ajudar no Jogo da Conquista. E confie quando eu digo: a conquista é um jogo.

Mande sua pergunta para rodrigofarah@ig.com.br e vamos conversar sobre seu caso nesta coluna.

Jogue certo e jogue bem!

 

Sobre o articulista

Rodrigo Farah - rodrigofarah@ig.com.br - Rodrigo Farah é jornalista e consultor de conquista e paquera

» Mais textos deste articulista

    Notícias Relacionadas


    Ver de novo