De acordo com uma pesquisa realizada pelo "The Journal of Sex Research", espiar pessoas fazendo sexo é o fetiche mais comum; confira detalhes

Seja vontade fazer sexo na água, no carro, usando fantasias, algemas ou até se lambuzando  com comida e outras substâncias gosmentas, as fantasias sexuais povoam o imaginário de quase todas as pessoas. Mas quais são os fetiches mais comuns?

Fetiches sexuais são diversos e, muitas vezes, considerados práticas anômalas
Reprodução/Pinterest
Fetiches sexuais são diversos e, muitas vezes, considerados práticas anômalas

De acordo com um estudo publicado pelo “The Journal of Sex Research” e feito com mais de mil canadenses, metade das pessoas afirma ter fetiches , e pelo menos um terço desses indivíduos já experimentou algum deles. "O objetivo principal do estudo era determinar desejos sexuais e experiências consideradas normais em uma amostra representativa da população", afirma Christian Joyal, quem conduziu o estudo. 

A lista de fantasias sexuais mais comuns, porém, pode surpreender.

Leia mais: Praticar BDSM traz benefícios à saúde? Especialistas dizem que sim; entenda

Quais são os mais comuns?

A pesquisa descobriu que o voyeurismo (que consiste em espiar pessoas fazendo sexo sem que elas saibam) é a fantasia mais popular; 35% dos homens e mulheres entrevistados confessam que curtem a prática indiscreta.

Mais de um quarto das pessoas consultadas (26%) admitiram que se sentem atraídas por objetos comuns e outros 26% se excitam com o frotteurismo, que envolve esfregar as próprias genitais em uma pessoa sem que ela dê consentimento para isso. Além disso, 19% sentem prazer pela dor, prática que se popularizou com o lançamento da trilogia "Cinquenta Tons de Cinza" em 2011.

Além do limite

De acordo com Christian Joyal, quase metade (45,6%) das pessoas consultadas tem interesse em pelo menos um tipo de comportamento sexual considerado anômalo por psiquiatras, enquanto 33% delas já até experimentaram a prática ao menos uma vez. 

Leia mais: Confira seis posições sexuais para curtir a aventura de fazer sexo no carro

Homens x mulheres

Outro dado levantado pelo estudo é o de que homens tendem a ter mais fantasias do que mulheres, mas que ambos têm o mesmo interesse em praticar o masoquismo. Além disso, os que disseram curtir a prática também aparentam ter mais satisfação em suas vidas sexuais.

Joyal explica ainda que mulheres que têm fetiches como a submissão também têm interesses mais variados e são as mais satisfeitas com a própria sexualidade. Segundo ele, isso prova que o prazer pela submissão não pode ser considerado algo anormal.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.