Katie Bolden decidiu mudar a alimentação depois de descobrir problemas de saúde e hoje é uma inspiração e faz sucesso nas redes sociais

A norte-americana Katie Bolden passou boa parte da vida infeliz com seu corpo. Na adolescência, já sofria com a obesidade , e o excesso de peso chegou a ameaçar sua saúde. Aos 130 kg, ela tinha dificuldade em se locomover e foi diagnosticada com pré-diabetes, depressão, glaucoma e até infertilidade. Era hora de mudar. Depois de criar uma dieta, ela conseguiu emagrecer 70 kg e hoje exibe orgulho o título em um concurso fitness. 

Leia tudo sobre dieta

Katie Bolden compartilha fotos de antes e depois da dieta em sua página no Instagram
Reprodução/Instagram/@huffnpuff2buffntough/
Katie Bolden compartilha fotos de antes e depois da dieta em sua página no Instagram


Katie mudou o corpo e a forma como se enxerga. Sim, ainda encara problemas como excesso de pele e fala abertamente sobre isso, mas também colhe os frutos de uma vida saudável, praticando o esporte que gosta, a corrida, e brincando com a filha de 3 anos. No Instagram, a norte-americana soma mais de 30 mil seguidores e compartilha momentos da dieta e da mudança. Conheça detalhes da história de Katie: 

Choque de realidade

Aqueles exames que indicaram uma série de problemas de saúde foram feitos em 2012 e serviram como chave para que a norte-americana tentasse mudar. "Passei a maior parte da minha vida sobrepeso. E as pessoas nunca me deixavam esquecer sobre isso, me colocando para baixo", afirma Katie.

Katie já havia tentado algumas dietas restritivas e radicais ao longo dos anos, mas nada tinha surtido efeito de fato e ela ainda abusava de comidas nada saudáveis e fast food. A mudança veio a partir de 2013, com um método mais tranquilo e exercícios em casa. 

Dieta 80/20 e rotina de exercícios

A norte-americana pensou em seu novo cardápio e decidiu que iria seguir uma regra de 80/20, ou seja, 80% de alimentação saudável e balanceada e 20% de besteiras e guloseimas. Com isso, incluiu na rotina mais frutas, verduras e legumes e conseguiu reduzir, por exemplo, as idas a lanchonetes do tipo fast food. Ela conta que antes comia todo dia em um restaurante desse tipo. Com a nova alimentação, passou a comer apenas uma vez por semana. Hoje, adaptada à alimentação saudável, diz que só vai a fast food duas vezes por mês. 

Leia também: Dicas para emagrecer - 12 alimentos que ajudam a perder peso

Aos poucos, Katie também começou a fazer exercícios físicos. No início, ela buscou exercícios no Youtube e repetia em casa toda a semana. Depois, passou a frequentar academia, onde fazia musculação de três a quatro vezes na semana, caminhada e natação. No total, chegou a praticar atividade física até seis vezes por semana. 

Katie mostra evolução do corpo nos exercícios, de 2015 até 2017
Reprodução/Instagram/@huffnpuff2buffntough/
Katie mostra evolução do corpo nos exercícios, de 2015 até 2017

Em um post no Instagram, ela fala que não foi fácil se adaptar aos exercícios e que sofreu muito no começo. "Lembro de estar com 130 kg e fazer exercício de cardio como saltos e agachamentos e pensar que fosse desmaiar, cair no chão no meu apartamento", detalha.

No mesmo texto, ela conta como mudou até incorporar de fato a atividade física na rotina.  "Aos 130 kg eu estava tentando descobrir meu caminho como inciante no mundo fitness. Lembro de odiar exercícios e morrer de medo de qualquer treino. Nunca imaginei que seria uma garota fitness e atleta que ama exercícios. Uso os treinos como terapia e são a melhor parte do meu dia. O caminho é duro e assustador, mas também sei que é possível", completa Katie. 

Ela ainda dá um conselho a seus seguidores: "Faça isso de novo e de novo que seus esforços vão se tornar parte de quem você é". Com o tempo, ela descobriu a paixão pela corrida e já tem duas meias maratonas no currículo. 

Já em relação à alimentação, o caminho parece ter sido um pouco mais tranquilo, já que Katie não faz nenhum corte radical na dieta e não deixou de comer o que gostava. "Sem restrições, só redução na porções gigantes e no fast food", comenta em outro post no Instagram, na legenda de uma foto de antes e depois. 

Katie com a filha ainda recém-nascida e atualmente
Reprodução/Instagram/@huffnpuff2buffntough/
Katie com a filha ainda recém-nascida e atualmente


A mudança começou há quase quatro anos e, no meio do caminho, Katie foi mãe. Ela voltou a engordar na gravidez, mas conseguiu se manter motivada para buscar mais uma vez o peso que considerava ideal. Com um canal e o apoio das redes sociais, seguiu a dieta balanceada e os exercícios e chegou a eliminar 70 kg no total. 

Musa fitness premiada

Katie Bolden no WBFF Transformation Atlantic City. Ainda é possível se inscrever para a versão brasileira do concurso
Divulgação
Katie Bolden no WBFF Transformation Atlantic City. Ainda é possível se inscrever para a versão brasileira do concurso

Todo o esforço da norte-americana resultou não só em uma vida melhor, mas também em prêmio. Ela é a atual campeã do WBFF Transformation Atlantic City. O concurso faz parte do WBFF - World Beauty Fitness and Fashion e acontece em diversas cidades do mundo. A competição premia a transformação das pessoas normais, que buscaram uma maneira de levar uma vida mais saudável e emagreceram. 

A ideia do concurso, segundo os organizadores, é ser motivacional e mostrar que qualquer um pode buscar uma mudança. A competição será realizada pela primeira vez no Brasil no dia 21 de outubro e as incrições estão abertas. 

"Meu corpo é maravilhoso"

Mais do que vibrar com o título, Katie se mostra feliz com seu novo corpo e sua saúde. Ela fala abertamente, por exemplo, do excesso de pele, problema muito comum àqueles que passam por um processo de emagrecimento tão significativo. Nas fotos na rede social, ela aparece com o corpo enxuto, mas em alguns momentos mostra que tem, sim, marcas e que isso não é um entrave em sua vida.  

Ela explica que consegue esconder o excesso de pele com as roupas ou pela maneira como senta ou se posiciona para a câmera. "Mas, sim, eu tenho excesso de pele. Muitas pessoas me dizem que sou sortuda por meu corpo e minha pele terem se comportado tão bem depois de perder 70 kg. E enquanto sou completamente agradecida por isso e sei que poderia ser pior", comenta Katie. "E como muitos não veem o excesso de pele, pensam que eu não preciso lidar com isso. Eu tenho e mesmo assim, meu corpo é maravilhoso. Meu corpo é bonito. Meu corpo é forte", completa. 

Leia também: Após emagrecer 68 kg, mulher fala como é ter 9 kg de excesso de pele

Yep, I have extra skin. A lot of it! A lot of people say that I am lucky with how well my skin and body bounced back after a 150 lb weight loss. And while I am completely grateful because it could always be worse.... I am lucky and proud that I can still transform and create amazing definition in this area for the amount of extra skin that I do have 》》 it is most definitely NOT firm! You don't see my skin when I am sitting. You don't don't see it being tugged and pulled. You don't get to see it from all angles, so it can be easy for one to assume I don't deal with a ton of loose skin. Nevertheless... 💎this body is AMAZING. 💎this body is BEAUTIFUL. 💎this body is FORGIVING. 💎this body is STRONG. And I will continue to confidently rock this extra skin and wear it with pride for as long as I am forced to wear it. And I am one proud momma! ••••••••••••••••••• #huffnpufftobuffntough #weightlosstransformation #bodypositive #bodybuilding

A post shared by Katie Bolden (@huffnpuff2buffntough) on


A norte-americana também faz questão de ressaltar em diversos momentos que toda a mudança - na dieta e na prática de exercícios - não foi simples e nem aconteceu na noite para o dia. "Coisas boas levam tempo. Da próxima vez que ficar se culpando por não emagrecer o que queria em um ano, por não ter os músculos que queria em um ano, lembre-se que Roma não foi feita em um dia. E nem a sua boa forma", escreve Katie. Com calma e persistência os resultados dessa mamãe apareceram e hoje ela tem disposição para brincar com filha e viver bem. 

    Leia tudo sobre: dieta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.