Sintomas como palpitação, dor no peito e crises de ansiedade foram motivos de muita preocupação na vida da escritora Claire Dunwell, de 42 anos. Ao portal The Sun, ela conta que por cerca de dois anos se submeteu a vários exames para descobrir a origem do problema, sem sucesso. 

Leia mais: Mulheres com sintomas de menopausa tem risco reduzido de ataque cardíaco, diz estudo

mulher
Reprodução/The Sun
Claire conta como os sintomas da perimenopausa impactaram na sua vida

A resposta, porém, estava na perimenopausa . Uma fase em que os hormônios femininos se tornam flutuantes e podem interferir bruscamente no funcionamento do corpo. Por ser mais jovem do que a média de idade para a menopausa, Claire não desconfiou que pudesse estar vivendo a fase precocemente. 

“Tenho apenas 42 anos. Quando os médicos cogitaram a ideia da menopausa, pensei que fosse impossível sentir algo sobre isso antes dos 50”, explica Claire. Outro aspecto que dificultou o diagnóstico é o fato de que, por mudarem constantemente de níveis, os hormônios apresentam resultados inconclusivos todos os dias. 

Leia mais: Dores musculares e nas articulações podem estar ligadas à perimenopausa

“Eu me tornei ansiosa, irritadiça e sem nenhuma energia. Enquanto meu marido e filhos planejavam nossas férias em família, eu procurava no Google por respostas para o que eu estava sentindo”, recorda ela. De acordo com Claire, pelo menos três clínicas diferentes precisaram ser visitadas.

“Eu não me reconhecia mais. Não me sentia como a pessoa saudável e otimista que eu era aos 30 anos. Meu humor conseguia mudar drasticamente no meio de uma conversa, por exemplo, e eu estava sempre com a cara feia”, relata. Hoje, Claire recebe um acompanhamento e r eposição hormonal para aliviar os sintomas. 

“Só consegui o tratamento adequado quando o médico escolheu avaliar o meu histórico familiar e de saúde em vez dos exames laboratoriais. Ele também me explicou que casos como o meu não são tão raros”, explica. Além dos sintomas emocionais, existem outras características negativas que podem estar associados à perimenopausa : dores crônicas no corpo, dor de cabeça, cólicas e alterações no ciclo menstrual estão na lista. 


    Veja Também

      Mostrar mais