Você está usando a energia a seu favor? Entenda como ter mais produtividade
Simone Kobayashi
Você está usando a energia a seu favor? Entenda como ter mais produtividade

Será que você está enxergando e organizando seus dias da forma mais eficaz? Sua energia e produtividade estão conectadas?

A jornada diária, que muitas vezes chamamos corrida ou luta, nos convida a perseguir ou lutar com o relógio. Encaixar segundos, minutos e horas em um dia que muitas vezes parece curto demais. 

Receba energia semanalmente dos terapeutas energéticas do Personare. É gratuito!

Gestão de tempo

A gestão do tempo é um tema da rotina: 

  • Posso incluir isso na minha agenda? 
  • Tenho tempo para estar com meus amigos? 
  • Estou separando um tempo para mim? 

Já se percebe o estresse correndo nas veias só em se fazer essas perguntas. Será que é porque você já sabe as respostas? 

Deveríamos também nos perguntar se temos energia necessária para nos engajarmos nessas atividades com presença e entusiasmo. Ter tempo é diferente de ter energia e produtividade.

Imagine que você tem uma meia hora livre, mas está sentindo exaustão. Esse tempo livre torna-se um fardo. Isso porque não é o suficiente para descansar e só dá para começar (sem terminar) muitas coisas. E, infelizmente, essas coisas provavelmente irão para a lista de frustrações. 

Redes sociais não descansam a cabeça

Então você se joga no sofá ou cama e pega o celular para gastar esse tempo “parado”. Vou te contar que rolar pela rede social não descansa nem a cabeça. Aproveitar o tempo não é ser produtivo. Mas, sim, é se reabastecer, se nutrir de informações ou de silêncio. 

Não se alcança o relaxamento mental sendo inundado por milhares de informações. O mesmo vale para um fim de semana sem compromissos que não é verdadeiramente aproveitado devido à falta de energia. 

Você pode até estar fazendo gestão de tempo, mas é totalmente ineficaz se não considerar o elemento mais importante, a energia. Fica evidente a necessidade de gerenciar nossa energia para mantermos nosso bem-estar.

As Quatro Fontes de Energia

No centro do nosso bem-estar há um conceito poderoso e muitas vezes subestimado: a gestão da energia pessoal. 

Para entender como cultivar um estado de vitalidade e equilíbrio, é muito importante reconhecer que nossa energia não é um recurso sustentado e nutrido por um único ângulo, como, por exemplo, descansar o corpo. Mas composto por quatro fontes distintas e interconectadas. 

No livro de Tony Schwartz e Jim Loehr “The Power of Full Engagement” , essas fontes formam os pilares do nosso ser. Portanto, a atenção e cuidado a cada uma delas é essencial para uma vida plena e autêntica.

Energia Física

Esta é a base de tudo. A energia física refere-se ao vigor do nosso corpo, à nossa saúde e à nossa capacidade de realizar atividades diárias.

Por isso, uma nutrição equilibrada, exercícios regulares, um sono reparador e a gestão do estresse são fundamentais para manter essa fonte de energia abundante e fluida.

Para equilibrar, você pode, por exemplo:

  • Manter sua nutrição adequada e saudável
  • Fazer atividades físicas que aumentem a resistência, força e flexibilidade.
  • Sono de qualidade e pausas para descanso durante o dia.
  • Beber água suficiente.

Energia Emocional

A qualidade de nossa energia emocional, portanto, determina a nossa capacidade de cultivar emoções positivas e gerir as negativas.

O equilíbrio emocional é alcançado através da autoconsciência bem como regulação emocional. Isso, portanto, vai nos permitindo navegar pelas ondas de nossas emoções com graça e resiliência.

Por isso, tente cumprir as seguintes recomendações:

  • Reconhecimento e conscientização das emoções.
  • Prática de técnicas como respiração consciente.
  • Relações sociais positivas e de suporte.
  • Atividades criativas.

Energia Mental

Trata-se da energia que usamos para focar, analisar e criar. A clareza e discernimento mental são sustentadas por técnicas de concentração, pausas estratégicas bem como pelo estabelecimento de limites para evitar a sobrecarga de informações.

Assim, é aconselhável que você:

  • Tenha períodos de foco e intervalos regulares.
  • Planeje e priorize suas tarefas.
  • Mantenha o aprendizado contínuo e desenvolvimento pessoal.
  • Tenha limites para o uso de dispositivos digitais.

Energia Espiritual

Esta fonte de energia é alimentada pelo nosso propósito, pelos nossos valores e pela conexão que sentimos com o universo e os outros seres. Por isso, práticas como a meditação, a reflexão e o envolvimento em atividades significativas podem enriquecer nossa energia espiritual.

Portanto, é importante que você:

  • Alinhe suas ações com valores pessoais fundamentais.
  • Pratique gratidão.
  • Tenha momentos para reflexão ou práticas espirituais.
  • Se engaje em grupos ou atividades que contribuam para o bem maior.

A Arte Sutil do Gerenciamento da sua Energia e Produtividade

No delicado equilíbrio entre tarefas, compromissos, obrigações, cuidado, amor-próprio, observar e reconhecer limites e respeito, o gerenciamento da energia e produtividade não se limita a uma agenda planejada. É mais sutil e, ao mesmo tempo, vital na busca de sentido interior de plenitude e propósito.

Medimos nossos dias não em horas, mas em momentos de energia sabiamente utilizada. Ao registrar nossas experiências e observar, abrimos espaço para a autoconsciência e iniciamos um diálogo sincero com nossas necessidades mais profundas, nossa vitalidade e criatividade. E, claro, nossa energia e produtividade.

Ao dar mais atenção onde estamos colocando ou utilizando nossa energia, onde está sendo utilizada com eficiência. E onde a gastamos ou perdemos, nos permite discernir entre o que nos revigora e o que nos esgota, entre o que escolho e intenciono que cresça e floresça, ou não.

Esse autoconhecimento acaba guiando-nos a estabelecer fronteiras saudáveis e a escolher atividades que refletem um compromisso genuíno com o que estamos nutrindo e o respeito próprio. E tomar decisões alinhadas com nosso propósito de vida, elevando e mantendo nossa vibração mais alta!

Assim, a gestão de energia e produtividade torna-se uma dança entre ação e introspecção. Ou seja, uma coreografia onde cada passo é um ato consciente de nutrição e intenção, resultando em uma vida mais vibrante e alinhada com o propósito autêntico de cada um.

Autoconsciência e o Amor Próprio

O aumento da autoconsciência é um pilar na gestão de energia. Ao cultivarmos uma maior percepção de nossas necessidades energéticas, podemos tomar decisões mais alinhadas com nosso bem-estar. 

Isso envolve ouvir nosso corpo e nossa mente, reconhecendo quando precisamos de descanso e quando estamos prontos para agir. O amor próprio entra como uma força nesse processo. 

Na verdade o considero um valor inegociável, pois é através do respeito por nós mesmos que podemos honrar nossas necessidades sem culpa ou autojulgamento. A prática do autocuidado, nesse contexto, torna-se um ato de amor próprio.

Como Implementar a Gestão de Energia

A gestão de energia é uma arte sutil, que envolve a compreensão profunda de nossas reservas internas de vitalidade e a habilidade de navegar entre atividades que as preenchem e as que as drenam. 

Para fazer e aplicar esse processo de maneira efetiva, é essencial desenvolver práticas que nos permitam identificar e ajustar as fontes de nossa energia.

Identifique o que Eleva e o que Diminui sua Energia e produtividade

Diário de Energia

É uma ferramenta para aumentar a autoconsciência sobre nossa energia é questionar e registrar. Você pode registrar as atividades diárias e observar como cada uma afeta seus níveis de energia. 

Isso pode incluir não só grandes eventos, mas também interações cotidianas, alimentos consumidos e padrões de sono. 

Com o tempo, os padrões aparecerão e você começará a perceber quais aspectos de sua vida contribuem para sua vitalidade e quais a drenam.

Abra-se a experimentar novas atividades e práticas

Pode ser uma nova forma de exercício, uma técnica de respiração ou um hobby criativo. Observe como você se sente durante e após a atividade. 

Algumas práticas podem ter um efeito energizante imediato, enquanto outras podem contribuir para sua energia de maneira mais sutil ou a longo prazo. 

Chamo de Experimentação Consciente, aumenta sua percepção não só no presente como no longo prazo. Por exemplo, desde comecei a tomar água logo após acordar me sinto…

Desenvolva uma prática de check-in regular com seu corpo, sua mente e sentimentos

Isso pode ser feito através de momentos de reflexão associados a hábitos diários simples. Minha sugestão: a cada vez que você tomar um copo de água. Ou simples momentos de reflexão ao longo do dia. 

Pergunte a si mesmo: “Como me sinto agora? O que estou pensando? Há algo que esteja precisando?” Esses momentos podem revelar necessidades energéticas que você pode não ter percebido conscientemente.

Priorizando e Estabelecendo Limites, a manutenção do nosso campo energético

Com base nas suas fontes de energia, comece a priorizar atividades e compromissos que aumentam sua vitalidade. Igualmente importante é estabelecer limites em relação àquilo que diminui sua energia. 

Isso pode significar dizer “não” a pedidos que irão sobrecarregá-lo ou delegar tarefas que são particularmente drenantes. E, às vezes, o que podemos, é diminuir a intensidade ou o tempo nas situações ou tarefas que te desenergizam.

Reconhecer o que é benéfico para seu bem-estar energético é uma poderosa expressão de amor próprio

Quando você escolhe conscientemente envolver-se em práticas que energizam, está fazendo uma declaração de que seu bem-estar é importante. 

Isso pode envolver mudanças de hábitos, reavaliação de relacionamentos e uma nova abordagem para o trabalho e o lazer. Refletindo uma Postura de Amor e Respeito por você, sua energia e produtividade.

A gestão de energia é um processo contínuo de ajuste e autoconhecimento

Não é uma fórmula exata, pois o que nos energiza pode mudar com o tempo e as circunstâncias. 

O amor próprio e o respeito são os guias nessa jornada. Ou seja, encorajam uma escuta atenta às necessidades pessoais e a coragem para agir de acordo com elas.

Atividades que Recarregam e Inspiram

O gerenciamento de energia e produtividade não é apenas sobre evitar o esgotamento, mas também sobre nutrir-se e transbordar. Priorizar atividades que nos recarregam e nos inspiram é um caminho para uma existência mais autêntica e empoderada. 

Ao integrar momentos de ócio, de desconexão (tecnológica) e práticas que despertam a criatividade em nossa rotina, estamos construindo uma vida que reflete amor próprio e respeito pela nossa própria essência.

O Ócio

Momentos de ócio são contrapontos na nossa rotina acelerada, essenciais para harmonizar o nosso dia a dia. Estes intervalos de calma e não-ação não são apenas pausas nas nossas obrigações. Mas sim espaços onde nossa energia se recompõe e nossa criatividade se reacende.

Quando permitimos esses momentos, estamos realmente acessando um estado de repouso ativo. Assim como o inverno prepara-se para a primavera, o nosso ser, no ócio, regenera para florescer com mais vigor e vitalidade.

Este ócio criativo redefine nossas reservas internas de energia, permitindo que emergem insights e soluções que, em meio ao “corre” cotidiano, ficariam ocultos. Além disso, o ócio é fundamental para manter a nossa vitalidade, energia e produtividade.

Combatendo o esgotamento mental e emocional e restabelecendo o equilíbrio interno. Com nossas energias renovadas, nos sentimos mais presentes, engajados e capazes de encarar os desafios com uma perspectiva fresca e vigorosa.

Desconecte-se para ter mais energia e produtividade

Desconecte-se é um mantra para a era atual, onde a tecnologia muitas vezes nos prende a um ciclo infinito de notificações e atualizações. Desligar-se dos dispositivos eletrônicos é um ato revolucionário de autodefesa. 

É a reivindicação do espaço mental que frequentemente cedemos, às vezes inconscientemente, aos gatilhos da era digital. O medo de não conseguir acompanhar as atualizações e eventos, compelindo a pessoa a manter-se conectada.

Ao nos desconectarmos, estamos criando um lugar sagrado de “não-perturbe”, um retiro temporário do bombardeio incessante de informações e, desse modo, preservando nossa energia e produtividade

Este gesto simples, mas poderoso, abre as portas para uma introspecção mais profunda, permitindo-nos mergulhar em maior tranquilidade no mundo interior. 

Aqui, longe do ruído externo, podemos ouvir os sussurros de nossa intuição, perceber excessos, repensar reações e reconectar com o que é genuinamente significativo em nossas vidas.

Em um estado de conexão reduzida, nosso cérebro pode descansar e recarregar. Portanto, não apenas melhorando nossa capacidade de concentração, mas também reacendendo a imaginação. 

Sem as distrações constantes, a criatividade tem espaço para florescer, levando a um aumento na inovação e na resolução de problemas.

Mais Criatividade, por favor!

Práticas que despertam a criatividade são essenciais para manter a autogeração de energia e da inovação e do entusiasmo em nossas vidas. 

Uma destas práticas é o brainstorming ou escrita livre, que encoraja a expressão de pensamentos e sentimentos, sem censura ou julgamento. Assim, permitindo que a mente divague por territórios inexplorados e descubra novos caminhos criativos.

Outra prática sugerida é a atividade artística, seja a pintura, a escrita, a música, o teatro, ou qualquer outra. As formas de expressão artística são canais poderosos para a criatividade, pois nos permitem comunicar e explorar emoções e ideias complexas de maneira não verbal. 

A arte desafia nosso pensamento convencional e nos incentiva a enxergar o mundo através de diferentes lentes. Com isso, gerando mais perspectivas e possibilidades.

Interação com Grupos

A colaboração criativa com outras pessoas pode ser extremamente estimulante, pois a troca de ideias e a energia do grupo muitas vezes desencadeiam processos que dificilmente surgirão no isolamento. 

Ao integrar um curso, se interessar por um tema e engajar-se com pessoas que estão tendo as mesmas experiências, dificuldades, para trocar e contribuir no grupo ou comunidade, já nos nutre de energia.

Essas práticas, quebrando nossa rotina, não só reforçam nossa habilidade de criar como também nutrimos nosso bem-estar geral. Assim, encontrando alegria e satisfação na expressão autêntica do nosso ser interior.

Reconheça os Sinais de Esgotamento

O esgotamento é um estado de exaustão emocional, física e mental que é frequentemente causado por períodos prolongados de estresse e sobrecarga de atividades. 

É um sinal de alerta, portanto, do nosso corpo e mente, indicando que é hora de desacelerar. E, desse modo, reavaliar nossa relação com o trabalho, responsabilidades e, em um sentido mais amplo, com a vida.

A atenção a esses sinais é um componente crucial para manter o bem-estar e a integridade pessoal.

Sintomas Emocionais e Físicos

Sinais como irritabilidade, falta de motivação, dificuldade de concentração, sensação de derrota ou desilusão. Além de sintomas físicos como dores de cabeça, fadiga persistente e distúrbios do sono, são indicativos de que você pode estar se aproximando do esgotamento. Esses sintomas são o corpo e a mente te chamando a atenção.

Mudanças no Comportamento

Talvez você esteja se isolando socialmente, procrastinando tarefas mais do que o habitual. Ou recorrendo a hábitos pouco saudáveis como algum excesso (comida, bebida, etc) como mecanismos de enfrentamento. Essas mudanças de comportamento podem ser sinais de que você está lutando para lidar com o estresse.

Tenha atenção e abra-se a esses sinais e disposto a tomar as medidas necessárias para cuidar de si. Lembre-se de que o autocuidado não é um luxo.

Mas uma necessidade fundamental para manter um estado de saúde e bem-estar. E, assim, habilitar a criatividade e a produtividade sustentáveis.

Ao fazer isso, estamos não apenas nos respeitando, e nem somente cultivamos amor próprio. Mas também consolidando o caminho para uma existência plena e verdadeira e estabelecendo uma base sólida para uma vida mais presente, com energia e produtividade.

A importância de cuidar da própria energia não pode ser subestimada. Ou seja, é um ato de autoconsciência e preservação que visa prevenir o esgotamento e a sobrecarga energética, emocional, mental e física.

Ao priorizar a manutenção do nosso campo energético, estamos nos munindo com a resiliência necessária para atravessar esse período sem que nossa saúde integral seja comprometida.

Puxão Energético

O puxão energético é uma prática que utiliza recursos como padrões geométricos, geometria sagrada, cristais, respiração bem como visualização para promover um “puxão” de energia nos corpos sutis e no campo energético pessoal.

Desse modo, estabele equilíbrio nos elementos fundamentais que compõem a essência única de cada Ser.

Ao realizar essa técnica, busca-se liberar bloqueios e fortalecer a energia, mas também proporciona alívio imediato em situações de emergência. Além disso, pode servir de preparação para enfrentar desafios e fortalecimento energético contínuo.

É direcionado ao que é necessário e auspicioso para o momento. Além disso, é aplicado de acordo com o alinhamento com o próprio Campo Energético pessoal da pessoa a ser atendida.

As terapias vibracionais nos convidam a assumir um papel ativo em nosso processo de cuidado energético, reequilíbrio e transformação. Portanto, as terapias holísticas e vibracionais se destacam na abordagem da energia para promover a saúde e o bem-estar integral.

O terapeuta holístico e/ou vibracional certo pode ajudar a identificar. E, assim, oferecer diferentes estratégias e ferramentas necessárias para seu aprimoramento, com um atendimento especializado e pessoal, focado no seu processo.

Inicie sua gestão da sua energia e produtividade, com amorosidade e no seu tempo! E conte comigo para te ajudar ou orientar.

Confira também:+ Saiba tudo sobre o seu jeito ser, desafios e potenciais. Faça o seu Mapa Astral aqui e leia uma amostra grátis .+ Descubra a missão da sua fase 2023, com previsões baseadas no número do seu ano pessoal .+ Quer mais previsões para o seu dia? Aqui tem um horóscopo gratuito baseado em todo o seu Mapa Astral, leia agora !+ Tarot: tire 13 cartas e descubra o que pode rolar na sua vida nos próximos seis meses. Jogue agora !

Simone Kobayashi

Terapeuta Holística atuante em São Paulo e OnLine. Dedica sua vida profissional à junção de técnicas terapêuticas como o Reiki, Florais, Acupuntura, Análise Energética, Limpeza Energética, Harmonização, Barras de Access e Cura quântica.

contato@simonekobayashi.com

O post Você está usando a energia a seu favor? Entenda como ter mais produtividade apareceu primeiro em Personare .

    Mais Recentes

      Comentários

      Clique aqui e deixe seu comentário!