Rinoplastia: tudo o que você precisa saber sobre esse procedimento estético
Reprodução: Alto Astral
Rinoplastia: tudo o que você precisa saber sobre esse procedimento estético

Queridinha entre famosos e personalidades da internet, a rinoplastia é uma das cirurgias estéticas do momento. Afinal, nem todos são felizes com o formato ou tamanho do nariz, e a possibilidade de ajustar a face para o layout desejado através da rinoplastia é bastante tentadora para muitos.

Em 2018, inclusive, a blogueira Mari Maria, famosa por suas makes poderosas e cheias de transformações, adotou o procedimento e chegou a compartilhar detalhes com seus seguidores no Instagram.

Mas o que talvez alguns não saibam é que esse procedimento vai além da beleza, já que também pode auxiliar no tratamento de doenças respiratórias e aliviar o sono daqueles que sofrem com desconfortos como o ronco, além de aprimorar olfato de pacientes.

“Por essa razão, pacientes que geralmente escolhem esse tipo de melhoria apresentam dificuldade para respirar, problemas respiratórios, como melhorar a qualidade quando inspira o ar profundamente”, explica o cirurgião plástico Mário Farinazzo.

No entanto, o médico observa que para a realização da rinoplastia, é necessária uma série de exames para entender a possibilidade da cirurgia. “Realizamos um exame físico interno e externo do nariz, no qual avaliamos o tipo de pele, tipo de cartilagens, formato do nariz, desvio do septo e carne esponjosa, e então solicitamos exames de sangue, cardiológicos, pulmonar e uma tomografia do nariz para avaliar a parte interna e programar a cirurgia”, comenta o especialista.

Você viu?

Todo cuidado é pouco!

Mário alerta ainda que após a realização da cirurgia, é necessário que o paciente fique 7 dias de repouso, voltando à vida normal aos poucos e com acompanhamento médico.

Quando falamos sobre riscos, o médico afirma que o maior de todos é o descontentamento estético, seguido por dificuldade para respirar, sangramentos e infecção. “Todos esses riscos são pequenos e podem ser reduzidos quando a cirurgia é realizada por equipe com experiência e em local adequado”, tranquiliza.

Por fim, vale mencionar que a rinoplastia é recomendada a partir dos 15 anos de idade e somente com avaliação médica.

Fonte: Mário Farinazzo, cirurgião plástico, é membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e chefe do setor de Rinologia da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários