Saiba qual é o seu tipo de cabelo e como cuidar dele corretamente!
Reprodução: Alto Astral
Saiba qual é o seu tipo de cabelo e como cuidar dele corretamente!

Assim como a pele, o cabelo também é classificado em tipos e possui os melhores produtos para cada um deles. Por isso, saber identificar seus fios é a dica de ouro para realizar um cuidado mais alinhado com as suas necessidades e obter os resultados desejados.

"Diga-me qual é o tipo dos seus fios, que te direi como cuidar deles" é a fala do hairstylist Luiggi Moretto, que conta sobre a importância de usar produtos adequados para as madeixas. Afinal, tudo muda de uma cabeça para a outra e o haircare (sim, é como skincare!) deve ser personalizado e individual!

Segundo o especialista, o cabelo pode ser dividido em três grupos: secos, oleosos e mistos. Veja quais são as características de todos eles e aprenda a melhor maneira de cuidar dos seus fios!

Cabelos secos

Sem brilho, quebradiço, sem aspecto sedoso e com pouca produção de gordura: esses são os aspectos principais que definem os cabelos secos. Luigi explica que essa condição pode ser natural dos fios ou adquirida em decorrência da exposição à poluição e até mesmo pelo uso inadequado de produtos capilares.

A madeixa seca é considerada a mais vulnerável aos agentes externos, como sol e vento, e aos processos químicos, desde tinturas até os permanentes. Por isso, cuidar delas da maneira correta é fundamental para garantir a saúde, vitalidade e beleza da raiz às pontas.

"Utilize diariamente um protetor térmico para blindar os fios de ações agressivas, escolha as versões "sem sal" dos produtos de uso diário, mantenha uma rotina intensa de hidratação, evite dormir com o cabelo molhado e dê preferência aos pentes com dentes largos e escovas quadradas com hastes macias", recomenda o hairstylist.

Cabelos oleosos

Se os cabelos secos produzem gordura a menos, os oleosos fazem o oposto: aqui, a produção é excessiva e dá o aspecto de que os fios estão sempre sujos. A oleosidade pode ser natural, no entanto, alguns fatores podem contribuir para essa condição: pouca higiene, uso inadequado de produtos capilares e exposição a ambientes úmidos ou com alto teor de vapor gorduroso.

Você viu?

"As donas dessa cabeleira devem evitar passar a mão nos cabelos com frequência, cuidar para não utilizar água muito quente durante a lavagem e sempre evitar o uso de condicionador na raiz, aplicando-o primeiramente nas mãos, passá-lo no comprimento e nas pontas e enxaguar muito bem", orienta Luigi.

Além disso, ele recomenda que as madeixas oleosas fiquem longe de produtos "2 em 1", que trazem xampu e condicionador na mesma fórmula, cremes sem enxágue, ceras, pomadas e cremes para pentear. Quanto aos óleos e silicones, o uso não deve ser excessivo.

Cabelos mistos

Os fios mistos reúnem as características principais dos oleosos e dos secos, sendo como uma mistura de ambos. Esse tipo costuma apresentar uma raiz mais oleosa e as pontas ressecadas e duplas. O especialista conta que esse grupo é o que mais existe, porém, também é o mais difícil de ser tratado adequadamente.

"A dica básica é cuidar muito bem das pontas. Invista em finalizadores como os leave-ins, nas versões que protejam os fios de altas temperaturas e dos raios UV, óleos reparadores e apare as pontinhas a cada três meses, no mínimo", indica o profissional.

Além disso, devido à raiz oleosa, lembre-se de jamais usar água quente durante as lavagens e aplicar o condicionador da maneira correta, passando longe do couro cabeludo e enxaguando bem.

Fonte: Luigi Moretto, hairstylist e expert em coloração.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários