Alto Astral

Dieta da sexualidade: veja quais alimentos ajudam na hora H
Reprodução: Alto Astral
Dieta da sexualidade: veja quais alimentos ajudam na hora H

Simpatias, rituais, astrologia… são diversos os recursos na hora de apelar para uma movimentada daquelas na vida sexual. Mas, talvez, a solução seja mais simples do que parece. Apesar de não ser um fato totalmente conhecido, alguns alimentos podem sim afetar diretamente o seu desejo sexual, tanto de maneira positiva quanto negativa.

Dessa forma , que tal experimentar mudar o cardápio e trocar alguns alimentos da dieta ? Acredite: ajustes simples prometem contribuir para que você surpreenda seu/ sua parceiro(a).


Para auxiliar você a fazer as escolhas mais certeiras, contamos com a ajuda da médica nutróloga Ana Luisa Vilela e elaboramos um verdadeiro guia do que evitar ou não antes da hora H. Confira!

Evite

Refrigerante
Os refris estão proibidos!/ Shutterstock

Refrigerante

O gás presente nos refrigerantes pode causar distensão abdominal. Apesar desse sintoma ser variável de um indivíduo para o outro, de acordo com Vilela, se a pessoa já possui essa predisposição, deve evitar a bebida, que pode causar ainda refluxo e azia.

Doces

Por serem ricos em açúcar, os famigerados doces podem elevar os níveis de glicose no sangue e diminuir a libido. Além disso, essas alterações no organismo podem desregular o metabolismo e, consequentemente, reduzir a quantidade de hormônios sexuais.

Frituras e alimentos gordurosos

Segundo a médica, essa dica vale principalmente para os homens!

Ela explica que a relação entre o mau desempenho na cama e gordura pode ser entendida comparando as artérias do corpo aos canos de uma tubulação de uma pia de cozinha, que podem ficar entupidos pelo excesso de gordura. Bom, o mesmo acontece com o corpo humano, já que a gordura vai se acumulando nas artérias e, com o tempo, acaba obstruindo o fluxo sanguíneo. Sem receber sangue suficiente, o pênis não terá uma ereção satisfatória.

Feijão

Essa leguminosa possui substâncias que fermentam no intestino e, por isso, pode sim provocar gases. Além disso, pessoas que já têm indisposição ao consumir o alimento podem apresentar esse sintoma em qualquer momento após a sua ingestão, inclusive, durante a relação sexual.

Bebidas alcoólicas

Não vale abusar! O exagero pode provocar algumas disfunções na hora do sexo, dificultando a ereção ou o orgasmo. Mas isso irá depender também da sensibilidade do consumo de álcool de cada pessoa.

Derivados de leite

Assim como o feijão, eles podem provocar gases e inchaço por conta da presença da enzima lactase. Vale lembrar que algumas pessoas, inclusive, têm uma dificuldade maior em digerir leites e seus derivados, como o queijo.

Aposte

Morango
A fruta mais afrodisíaca do mercado é aposta certa! / Shutterstock

Morango

Mais afrodisíaco, impossível! O morango pode (e deve!) ser usado nas preliminares para apimentar a relação. Além disso, a vitamina C presente na fruta melhora o fluxo sanguíneo do organismo.

Banana

Você viu?

A fruta contém substâncias necessárias para a produção de hormônios sexuais, como a vitamina B, além de ser fonte de carboidrato, que fornece energia, e ser rico em potássio, um mineral que participa das contrações musculares.

Chocolate Amargo

Liberado! O chocolate mais concentrado ajuda a aumentar os níveis de serotonina, hormônio relacionado à sensação de prazer e bem estar, o que contribui até mesmo para a melhora do humor - essencial naqueles momentos mais íntimos!

Pimenta

A pimenta é rica em substâncias que aumentam o ânimo e a disposição dos casais, além de liberar odores que estimulam o apetite sexual - isso porque ela altera os batimentos cardíacos, contribuindo para a excitação.

Ovos

O teor de proteínas de alta qualidade dos ovos dão muito mais energia! Sem contar que o alimento possui a vitamina B6, que ajuda a equilibrar os hormônios.

Abacate

A vitamina E, presente na fruta, aumenta as chances daquelas que querem engravidar e ainda melhora as funções dos órgãos sexuais femininos.

Linhaça

É uma semente fonte de fitoestrógenos e ligninas, que também ajudam na libido e a equilibrar os níveis hormonais.

Café

A cafeína é um conhecido estimulante sexual, especialmente por ativar o sistema nervoso e conferir muito mais energia. Ou seja: beber café está valendo (e muito)!

Amendoim

Melhora a formação hormonal e, consequentemente, a libido. Por ser rica em zinco e vitamina E, ambos nutrientes decisivos para a formação de hormônios sexuais, a leguminosa promete dar aquele 'up' na relação.

Gengibre

Ele pode aumentar a potência sexual já que seu perfume estimula o sistema circulatório, permitindo que o fluxo de sangue alcance todas as partes do corpo - inclusive as protagonistas de uma noite inesquecível. O poder do fruto é pela sua capacidade de tonificar o corpo inteiro, e não apenas estimular os hormônios.

Dica: o chá de gengibre, feito com mel e limão, é uma boa opção picante para esquentar a noite

Mel

O mel é rico em vitaminas B e boro, necessários para a produção de testosterona para os homens, aumentando também os níveis sanguíneos. Ele ainda ajuda o corpo a usar e metabolizar o hormônio feminino estrógeno

Beterraba

Contém alto teor de nitrito, uma substância presente no solo, na água e nos vegetais e, portanto, distribuída em alimentos de origem vegetal e animal. Fato é: esta substância, quando entra em contato com o organismo humano, é transformada em nitrato, que se modifica para óxido nítrico. Este processo, segundo a médica, melhora a absorção de nutrientes para dentro do músculo, ajuda a gerar mais energia, elimina as toxinas do corpo e mantém mais eficiente a utilização do oxigênio. Já o óxido nítrico em si, ajuda a manter os vasos sanguíneos dilatados e também melhora a energia, o desempenho e a potência.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários