Alto Astral

Axilas escuras: saiba quais são as causas e como tratar
Reprodução: Alto Astral
Axilas escuras: saiba quais são as causas e como tratar

Muitas pessoas, principalmente as mulheres , acabam se incomodando com a pigmentação escura das axilas e, inclusive, deixam de usar certos tipos de roupa devido ao constrangimento. Mas, convenhamos, é compreensível: não existe nada pior do que sair de casa e se preocupar com as próprias axilas.

Mas quais são as causas?

De acordo com a dermatologista Mayla Carbone, as causas são diversas e, entre elas, está o uso de ceras quentes - a cera sensibiliza a região com o calor e gera um processo inflamatório na pele, podendo levar ao aparecimento de manchas. A médica também alerta que o uso incorreto de lâminas também pode ser um causador do problema, já que há a possibilidade do método provocar foliculites e, consequentemente, escurecer a região.

A dermatologista comenta que até mesmo o uso de desodorantes inadequados pode escurecer a pele. "Especialmente aqueles com grande concentração de alumínio e/ou álcool que, além de impedirem a transpiração, podem se concentrar na região causando o escurecimento da área", esclarece.

Shutterstock

Ainda segundo a dermatologista, no caso de pessoas obesas ou gestantes, o escurecimento das axilas pode ser por conta da acantose nigricans , doença de pele caracterizada por manchas escuras em dobras e vincos do corpo.

Como evitar?

Você viu?

Para a prevenção das axilas escuras o ideal é evitar o uso de desodorantes que contenham álcool e alumínio em suas formulações, tais ingredientes podem agravar o cenário em uma região já irritada.

Ter a hidratação da área em dia também faz grande diferença para que as axilas fiquem menos escurecidas. "É importante a higiene adequada com uso de sabonetes suaves, além de secar bem para evitar o acúmulo de fungos na região", especifica Carbone.

Na hora de depilação, em casos de foliculites de repetição, o famoso “pelo encravado“, uma das opções é a depilação definitiva realizada com lasers, para que os pelos não cresçam novamente, evitando voltar a passar outros produtos na área.

Como tratar?

"Para tratamento das axilas escuras, precisamos sempre de uma consulta com seu dermatologista, pois alguns clareadores a base de ácidos podem gerar um processo irritativo e piorar o quadro, por isso existem alguns clareadores específicos para a área de atrito das axilas", explica a dermatologista.

A médica também recomenda, além do laser, a técnica de peeling, mas ambos métodos devem ser uma alternativa após a consulta com um dermatologista.

Consultoria: Mayla Carbone, dermatologista do Hospital San Gennaro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários