Alto Astral


Aprenda como utilizar as cores para transformar um cômodo
Reprodução: Alto Astral
Aprenda como utilizar as cores para transformar um cômodo

Poucos sabem, mas as cores são ferramentas significativas que possuem a capacidade de influenciar diretamente nas emoções. Um céu azul, por exemplo, motiva a maioria das pessoas a começar o dia com o astral mais elevado. Por outro lado, quando o céu está nublado e cinzento, ele transmite um sentimento de apatia, até mesmo desânimo.

É importante ter em mente que essa lógica das cores também é válida para a decoração dos lares. Um projeto com décor planejado pode proporcionar ambientes mais aconchegantes e acolhedores para a morada. A escolha das cores deve ser parte da construção de todo o conceito e não ser deixada apenas para a última decisão da reforma.

Sendo assim, confira algumas dicas para trazer uma gama de cores mais ampla para qualquer projeto:


Aposte em pontos de cor

Projeto: Alessandra Gandolfi / Divulgação

Para quem quer usar as cores de forma mais sutil, pensar em pontos de cor é uma ótima alternativa. É viável trabalhar com paletas mais neutras e deixar para usar tons mais fortes nos móveis, objetos de decoração, tapetes ou obras de arte. Assim, cria-se uma atmosfera diferenciada, quando a arquitetura alia-se com o design.

Coloque cor nos volumes

Projeto: Alessandra Gandolfi / Divulgação

É possível também destacar um volume em paredes ou até mesmo no teto! Ao utilizar cor nesses locais, são criados pontos de interesse no ambiente que conseguem transmitir diferentes sensações e estímulos de acordo com a escolha da tonalidade, desde relaxamento e tranquilidade até energia e vitalidade.

Inspire-se na natureza

Projeto: Alessandra Gandolfi / Divulgação

Para a arquitetura, a natureza sempre será um elemento de inspiração! É possível observar a infinidade dos tons harmônicos que transmitem uma sensação de paz e tranquilidade no comodo. “No projeto da Casacor optamos por cores e texturas que remetessem à praia. O resultado foi a sensação de estar, de fato, em meio à natureza”, explica a arquiteta Alessandra Gandolfi.

Você viu?


Utilize o círculo cromático

Projeto: Alessandra Gandolfi / Divulgação

Facilitando a vida dos indecisos, o círculo cromático é uma ferramenta que pode ajudar a escolher uma composição harmoniosa de cores. Uma opção ótima é usar as cores complementares, opostas no círculo, que resultam em uma mescla de tons mais quentes e mais frios. Para quem ama degradês e tons sobre tons, a dica é utilizar as cores análogas, que estão lado a lado no círculo.

Entenda a psicologia das cores

Projeto: Alessandra Gandolfi / Divulgação

Se atentar ao sentimento que deseja transmitir a quem frequentará o espaço é muito importante na hora de planejar como será o cômodo. Lembrando que a escolha das cores influenciará em todo ambiente, podendo aquecer ou esfriar ambiente. Um exemplo excelente são os tons quentes que trazem conforto visual, como os amadeirados.

Não esqueça da iluminação

Projeto: Alessandra Gandolfi / Divulgação

Por último, é importante prestar atenção na iluminação! A luz pode alterar a tonalidade das cores e modificar sua percepção, aumentando ou diminuindo a profundidade, criando novos efeitos. Sendo assim, nunca deixe de levar esse item em consideração na hora de produzir um projeto.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários