Alto Astral

Saiba quais frutas seu pet pode e não pode comer
Reprodução: Alto Astral
Saiba quais frutas seu pet pode e não pode comer

Quem tem um amiguinho de quatro patas sabe o quanto a saúde deles é delicada e qualquer coisa pode deixar o pet mal. Como uma alternativa de petisco saudável, muitos tutores optam por oferecer frutas como agrado, mas será que é permitido dar qualquer tipo de fruto para eles?

O organismo dos pets difere dos seres humanos, então alguns alimentos que são saudáveis para as pessoas pode não ser benéfico para os peludos. Consumir um algo que não é digerido pelo organismo deles pode gerar complicações graves.

É importante ressaltar que os animais podem comer alimentos naturais, mas sempre em quantidade moderada e prestando atenção no que ele comeu. Para quem quer oferecer uma dieta mais balanceada para o bichinho, saiba que apenas comidas naturais não são o melhor caminho. "A alimentação dos bichanos deve ser completa e com um aporte satisfatório de proteínas que não é extraída apenas com as frutas", explica a veterinária Monique Rodrigues.

Sendo assim, preste atenção na hora de oferecer um agrado para o seu pet e saiba quais frutas são proibidas para eles.

As cítricas, por exemplo, devem ser evitadas ao máximo. A Dra. explica que limão , abacaxi e morango são as piores frutas para se oferecer aos bichos. "O estômago dos carnívoros é mais ácido que o nosso e essas frutas podem aumentar a incidência de gastrite e úlceras", esclarece.

A uva, tanto natural, quanto seca, não deve chegar perto dos animais! O problema dessa fruta é que existe nela uma substância que pode provocar problemas no organismo dos peludos. Não se sabe ao certo qual a parte da uva é tóxica, mas estudos apontam que elas sobrecarregam os rins.

Você viu?

Se o animal consumir esses alimentos, os sintomas podem provocar vômito e se for em excesso, podem provocar diarreia.

Shutterstock

Por outro lado, frutas densas como banana, mamão, melão, abacate , maçã, pera, manga e ameixa, são ótimas para os animais. Elas são cheias de vitamina, mas cuidado, também são ricas em gordura e açúcar, ou seja, nada de exageros.

Consultoria: Dra. Monique Rodrigues, veterinária.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários