Alto Astral

6 dicas cruciais para você pintar o cabelo em casa durante o isolamento
Reprodução: Alto Astral
6 dicas cruciais para você pintar o cabelo em casa durante o isolamento

Durante o isolamento social, muitas mulheres acabaram cuidado de seus cabelos em casa. Seja para se jogar em uma nova fase, ou retocar a coloração que está desbotando, confira dicas preciosas para realizar o procedimento na segurança de sua residência.


Hidrate antes

O ideal é realizar o procedimento com as madeixas bem hidratadas, dessa forma, reduz possíveis danos e ressecamentos.

Faça os testes dos produtos

Antes de aplicar o produto, especialmente se estiver experimentando um novo, faça o teste de alergia indicado. Para isso, aplique a tinta na pele da nuca ou na parte interna do braço. Aguarde alguns minutos, de acordo com as instruções do rótulo, para ver se você terá alguma reação alérgica à composição ou se é seguro utilizar o cosmético.

É importante também testar a cor, para assegurar que é realmente o que você está esperando. Dessa forma, separe uma mecha atrás da orelha e teste a coloração, após secar, confira se é isso mesmo que você deseja.

Prefira não usar tinturas

Segundo o hairstylist Bruno DiMaglio, o indicado é utilizar tonalizantes que, ao contrário das tinturas, não contêm amônia na fórmula. Dessa forma, saem com as lavagens e não alteram tanto a cor, fazendo com que seja mais fácil recuperar ou consertar caso algo dê errado.

Use os materiais adequados

Você viu?

O ideal é usar roupas velhas que, caso a tintura caia ou respingue, não tenham problema se manchar. Além disso, prefira uma toalha escura, utilize luvas pretas, presilhas para separar melhor as mechas, pente de cabo fino e pincel adequado.

Aplique corretamente

Comece aplicando o produto pela região da nuca. “Por ser a área mais fria da cabeça, a ação do produto é sempre mais lenta. Enquanto isso, as têmporas e a testa são mais quentes e, por isso, o produto age mais rapidamente”, explica Bruno.

Atente-se ao tempo indicado no rótulo do produto, que, em média, é cerca de 35 a 40 minutos para tinturas permanentes, e 20 a 25 para os tonalizantes. É importante não deixar passar.

Depois de seguir corretamente os procedimentos, enxágue bem os fios. Aposte em um shampoo e condicionador próprios para o uso pós-química, que ajudam a neutralizar o pH das madeixas. "Uma máscara de tratamento mais potente também é um ótimo investimento", diz o hairstylist.

Seja cuidadosa

Como é um processo que lida com produtos químicos e demanda uma aplicação correta, é necessário redobrar o cuidado ao realizá-lo em casa. Tenha atenção aos materiais, tempo e maneira de aplicar a coloração, assegurando o bem-estar do couro cabeludo e comprimento dos fios.

Em caso de alguma reação adversa, alergia ou quebra capilar, procure ajuda de um profissional.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários