Alto Astral

undefined
Reprodução: Alto Astral
Cabelos ralos: tudo o que você precisa saber para prevenir e tratar

Os cabelos ralos são caracterizados pelos fios quebradiços, propensos ao frizz e com aspecto “minguado”. Podem ser um grande incômodo para grande parte das mulheres, já que transmitem uma aparência de madeixas sem brilho e vitalidade, influenciando diretamente na autoestima. Mas existe, sim, solução.

De maneira geral, esse problema capilar pode estar relacionado à diminuição da densidade dos fios ou queda de cabelo . A tricologista Viviane Coutinho reuniu os principais cuidados necessários para que você possa lidar com a questão da melhor forma – e recuperar todo o volume e movimento. Confira!

Dicas da especialista para quem tem cabelos ralos

Cabelos ralos: tudo o que você precisa saber para prevenir e tratar
Foto: Shutterstock

Como identificar

A profissional explica que não é um dilema identificar quando os cabelos estão ficando ralos, já que a mudança pode ser percebida a olho nu: “Quando os fios estão mais fracos, eles tendem a quebrar mais facilmente e cair com maior regularidade. Se a pessoa estiver perdendo uma grande quantidade de cabelo ao longo do dia, é bom ligar o sinal de alerta”.

Na dúvida, vale a pena fazer uma observação mais minuciosa da cabeça e, se for o caso, procurar a ajuda de um especialista no assunto. “Se houver grandes áreas com poucos fios ou um aumento de tamanho nas linhas ao dividir o cabelo, evidenciando o couro cabeludo, fique ainda mais atenta”, pontua.

Fios finos x cabelos ralos

Muitas pessoas acreditam que os dois termos são sinônimos, porém, isso não é verdade. Viviane diz que é possível que alguém tenha fios grossos e, mesmo assim, sofra com cabelos ralos em algum momento da vida, por exemplo: “O cabelo ralo é resultado de uma menor quantidade de fios e o cabelo fino, por sua vez, é consequência de fios com menor densidade”.

Causas

Após identificar que os seus fios estão ralos, o primeiro passo é descobrir as causas desse problema, que podem ser diversas. “Para iniciar o tratamento adequado e recuperar a vitalidade dos fios, é fundamental ter essa informação em mãos”, recomenda.

Entre os principais fatores causadores dos cabelos ralos estão o envelhecimento e tendência genética. Além disso, vale considerar uma alimentação desregulada e o estresse como possíveis responsáveis pela questão.

Por sua vez, o excesso de química e o uso exagerado de fontes de calor (secador, chapinha, babyliss …) também atuam fragilizando os fios, deixando-os danificados . Então, a combinação desses fatores pode ocasionar na queda capilar.

Prevenção

A tricologista destaca que não se deve esperar chegar a um quadro grave de perda de cabelo para que os fios sejam devidamente tratados. Os cuidados devem começar na prevenção do problema: “Nunca é só sobre cabelo. Precisamos nos cuidar para termos qualidade de vida e mais autoestima”.

Tratamento

As opções de tratamento para os cabelos ralos variam de acordo com a situação e devem ser recomendados por um profissional especializado. “Para aquelas que aderem à química, é possível recorrer a outros tipos de alisamento e, no caso das pessoas mais velhas, os agentes antioxidantes também são ótimos aliados para retardar o processo”, finaliza Viviane.

Consultoria: Viviane Coutinho, tricologista | Texto: Milena Garcia | Edição: Renata Rocha

    Veja Também

      Mostrar mais