Alto Astral

undefined
Reprodução: Alto Astral
Animais em casa: saiba como deixar seu lar mais seguro para os pets

Com certeza você já ouviu a história do pet de um conhecido que foi parar no veterinário após engolir algo que não deveria, certo? Para evitar esses e outros imprevistos, é indispensável pensar em uma decoração segura quando se tem animais em casa . Além de investir em telas de proteção nas janelas e sacadas, existem algumas medidas simples que são fundamentais para mantê-los mais protegidos e prevenir situações complicadas.

Pensando nisso, a veterinária Cleiser Kurashimada listou dicas a serem seguidas em cada cômodo do lar, que farão toda a diferença na segurança do seu bichinho de estimação. “O animal é como uma criança, alguém sempre precisa estar de olho. Em um descuido rápido do dono é que acontecem os acidentes”, alerta a especialista. Confira!

Cuidados fundamentais para os animais em casa

Animais em casa: saiba como deixar seu lar mais seguro para os pets
Foto: Shutterstock

Sala de estar

Os principais cuidados para se tomar com os animais na sala de casa é quanto aos enfeites decorativos, que são muito comuns nesse ambiente. A dica é mantê-los onde o animal não possa alcançar e evitar determinados materiais que o bichinho possa se intoxicar ou engasgar.

Cozinha

Guarde os objetos cortantes e talheres em locais de difícil acesso aos animais. Outra dica é sempre jogar os restos de comida em lixeiras e mantê-las fechadas e afastadas do seu pet . Por fim, vale manter os armários da cozinha fechados para evitar que os bichinhos entrem e fiquem presos por muito tempo.

Quartos

A maioria dos pets adoram brincar com meias, porém é comum que acabem ingerindo a peça e sofrendo uma obstrução intestinal. Para quem tem crianças em casa, também é importante que os brinquedos estejam sempre bem guardados, especialmente aqueles com peças muito pequenas.

Foto: Shutterstock

Banheiro

Cuidado com o banheiro para que o animal não coma rolos de papel higiênico, sabonetes, shampoos e sacos de lixo! Objetos cortantes, como lâmina de barbear e tesouras, devem ser guardados em armários mais altos ou fechados. Também é essencial manter a tampa do vaso sanitário sempre fechada, assim você evita que seu pet caia lá dentro.

Quintal

Em casas, é comum que o espaço dos animais fique restrito à área externa. Os cuidados devem ser mantidos, especialmente no jardim, já que muitas plantas ornamentais podem ser prejudiciais se acabarem na boca do seu bichinho. Alguns exemplos de espécies tóxicas são azaleia, comigo-ninguém-pode e espada-de-são-jorge. Fique atenta!

Garagem

Muita atenção na hora de entrar ou sair do carro para evitar atropelamentos, viu? Vale lembrar que alguns animais gostam de dormir embaixo do automóvel sem saber dos perigos. “Cuidado com os fios elétricos que ficam muito próximos do chão e de fácil acesso para o animal. Ele pode querer brincar, mordiscar o fio e tomar um choque”, finaliza a veterinária.

Consultoria: Cleiser Kurashimada, veterinária da Pet Society | Texto: Gabrielle Nascimento | Edição: Luis Felipe Silva, Milena Garcia e Renata Rocha

    Veja Também

      Mostrar mais