Alto Astral

undefined
Reprodução: Alto Astral
Desperdício de alimentos: como aproveitar resíduos e economizar dinheiro

Você sabia que cerca de 30% dos alimentos produzidos no Brasil são desperdiçados? De acordo com o Programa Mundial de Alimentos (WFP, da sigla em inglês), 41 mil toneladas de comida são jogadas fora todos os dias. Esse número se torna ainda mais alarmante se levarmos em consideração que um a cada nove brasileiros vive em situação de fome. Mas o que fazer para evitar o desperdício de alimentos ?

Apesar de ser uma questão extremamente complexa, a resposta para ela é simples. O primeiro passo para mudar essa realidade está dentro das nossas cozinhas e consiste em adotar um pensamento mais sustentável, aproveitando os alimentos de forma integral. Ao reeducar seus hábitos de consumo, você poderá trazer mais benefícios ao planeta, à saúde e ao seu bolso. Saiba mais!

Práticas simples para evitar o desperdício de alimentos

Benefícios

As vantagens de utilizar resíduos de alimentos na preparação de receitas são diversas. Isso porque, muitas vezes, as partes que costumam ser desprezadas têm uma concentração de nutrientes ainda maior do que as outras.

“A casca, o talo e a semente das frutas , dos legumes e das verduras contêm muita fibra, o que ajuda no funcionamento do intestino”, explica a nutricionista Cíntia Pettinati. A profissional pontua que as cascas de laranja, por exemplo, possuem 40 vezes mais cálcio do que a polpa da fruta. Enquanto isso, as de maçã e mexerica têm o dobro de vitamina C.

Outro ponto a ser levado em consideração é a economia. Evitando o desperdício de alimentos, as compras no mercado passam a render mais e o cardápio é diversificado: “Vale lembrar que um único alimento pode ser preparado de cinco formas diferentes; todas com alto valor nutritivo”.

Como aproveitar

Desperdício de alimentos: como aproveitar resíduos e economizar dinheiro
Foto: Shutterstock

Geleias: para reaproveitar as sobras das cascas dos alimentos, você pode aproveitá-las no preparo de geleias e compotas incríveis. As mais apreciadas são de abacaxi, goiaba, laranja e jabuticaba.

Petiscos: cascas de batata e abóbora, por exemplo, podem ser transformadas em chips deliciosos. O preparo é simples, basta temperar com sal e pimenta e depois fritar em óleo quente até ficarem douradas. Uma opção mais saudável é levá-las ao forno.

Raspadinhas: quer uma opção prática e saborosa para se refrescar nos dias quentes? A dica é ralar as cascas de limão e laranja, por exemplo, e levá-las ao congelador em um recipiente fechado. Depois, é só retirar do freezer e fazer a sua raspadinha.

Farinhas: você pode aproveitar as sementes das frutas e legumes no preparo de farinhas para bolos, pães e biscoitos. O mesmo pode ser feito para evitar o desperdício dos talos dos alimentos. Para isso, o truque é utilizá-los torrados e moídos nas receitas.

Cuidados necessários

Para retirar o acúmulo de agrotóxicos e outros resíduos, é fundamental lavar bem as cascas, folhas e talos antes se utilizá-los. Alimentos mais rugosos podem ser esfregados com uma escovinha, enquanto as folhas devem ser lavadas uma a uma, dos dois lados. Por sua vez, ingredientes que serão aproveitados na forma crua devem ser mergulhados em uma solução clorada durante 15 minutos.

Outras dicas capazes de preservar ainda mais os nutrientes e evitar o desperdício desses alimentos são cozinhar apenas pelo tempo necessário para que fiquem macios e utilizar a menor quantidade de líquidos possível no preparo. De acordo com a especialista, o único talo que deve ser evitado é o de mandioca, que pode conter substâncias tóxicas. Aproveite todas as outras inúmeras opções!

Consultoria: Cíntia Pettinati, nutricionista e personal trainer | Texto: Redação Alto Astral e Milena Garcia | Edição: Renata Rocha

    Veja Também

      Mostrar mais