Desde 1992, todo 1° de agosto é comemorado o Dia Mundial da Amamentação. A data é uma iniciativa da Aliança Mundial para as Ações de Aleitamento Materno, que busca promover a cultura dessa atitude de forma natural e desmistificar seus benefícios para a mãe e o bebê recém-nascido.

amamentação
Alto Astral
Confira mitos sobre a amamentação


Indispensáveis para o bom funcionamento do organismo da criança, que ainda está se adaptando aos meios externos, o leite materno é ideal para garantir o bem-estar dos pequenos. Além do valor sentimental do gesto, é a melhor opção nutricional, garantindo todas as vitaminas e sais minerais que o ajudaram a se desenvolver.

Portanto, o esclarecimento de dúvidas e, principalmente de mitos, são necessários tanto para o fim do preconceito quanto para mostrar às mães, pais e toda a família a importância desta ação para a vida do bebê.

Saiba mais sobre a amamentação, um gesto de amor

Conversamos com a especialista e enfermeira em maternidade da Medela, Priscila Preissler, e a neonatologista Clery Gallacci, para entender melhor sobre esse processo e suas consequências.

1. Quando a mãe retorna ao trabalho, é impossível continuar oferecendo leite materno ao bebê?

MITO! Após a licença maternidade, se for o desejo da mãe continuar amamentando, é possível manter a produção de leite. Atualmente, extrair a bebida é uma prática acessível que possibilita que a mulher retome suas atividades sem deixar de oferecer os benefícios do aleitamento. Uma dica é usar as bombas para extração. Elas podem ser utilizadas em qualquer lugar, pois são práticas, portáteis e imitam o padrão de sucção do bebê. O leite pode ser armazenado no refrigerador por 12 horas ou no congelador por até 15 dias.

2. Amamentar necessita de paciência?

VERDADE! Apesar de ser um ato natural, amamentar é uma ação que deve ser aprendida. Durante o processo, surgem vários questionamentos. São muitos os obstáculos que a mãe pode enfrentar durante a jornada, e é necessário paciência e força de vontade para vencê-los.

3. O bebê deve mamar a cada 3 horas?

MITO! Muitos profissionais ainda orientam que se ofereça o seio ao bebê a cada 3 horas, o que na prática gera dúvida. E se o(a) filho(a) chorar uma hora depois da mamada, a mãe deve ou não oferecer o seio novamente? Hoje, trabalha-se com o conceito de livre demanda para amamentação da criança, sem horários pré-estabelecidos, atendendo as necessidades calóricas e emocionais da criança, quando ele quiser, pelo tempo que ele quiser.


4. É normal o bebê ficar com fome muitas vezes por dia?

VERDADE! "Nos primeiros dias, o bebê deve mamar todas as vezes que chorar. Com o tempo, ele mesmo acertará os horários das mamadas. Provavelmente, ele vai querer mamar de oito a doze vezes em 24 horas, mas é normal. O leite materno é de fácil digestão e a criança pode ter fome após uma hora ou uma hora e meia da última mamada”, explica Clery.

5. As mães devem evitar a cafeína e cortar a bebida alcoólica?

VERDADE! Muitas substâncias e alimentos podem alterar a composição do leite. Deve-se evitar doses excessivas de cafeína, pois a substância pode deixar o bebê irritado e sem sono, e também de álcool, pois ele destrói as células nervosas, fazendo a criança ficar sem fome, levando ao baixo ganho de peso. Deve-se também evitar o tabagismo e tomar cuidado com o consumo de certos medicamentos.

6. Fatores externos e emocionais podem influenciar o gosto do leite?

VERDADE! “O período de 6 a 8 semanas após o parto, durante o qual o corpo sofre uma série de alterações para retornar ao estado como era antes da gestação, é uma fase em que a mulher necessita de apoio do companheiro e dos familiares. Porém, é necessário tomar cuidado com as informações e dicas que são passadas porque, às vezes, elas não são totalmente corretas”, comenta Priscilla.

7. É necessário oferecer chá ou suco para o bebê antes dos 6 meses para suprir sua sede

MITO! O aleitamento materno é responsável pela influência positiva na sobrevivência, na saúde e no desenvolvimento das crianças. Muitos efeitos positivos do líquido, como a proteção contra infecções, são mais evidentes se a amamentação for exclusiva nos primeiros meses de vida, pois a ação protetora contra diarreias e doenças respiratórias pode reduzir quando o recém-nascido recebe, além do leite, qualquer outro alimento.

8. Existem posições não indicadas para amamentar

VERDADE! Para amamentar, a mãe precisa estar em uma posição confortável e o bebê deve conseguir abocanhar toda a aréola, fazendo estímulo para a produção do leite. A criança deve estar virado de barriga para a mãe, que deve mantê-lo próximo ao seu corpo para que ele se organize neurologicamente e consiga coordenar a sucção com a deglutição de forma efetiva.

9. Amamentar ajuda a mulher a retornar ao peso de antes da gravidez?

VERDADE! O ato de amamentar estimula a produção de alguns hormônios que incentivam a contração uterina. Dessa forma, o útero volta mais rapidamente ao tamanho natural no pós-parto. Além disso, o gasto energético que a mãe tem durante a amamentação auxilia na perda de peso.


10. O aleitamento prejudica o seio da mulher

MITO! Com uma boa preparação e cuidados durante o pré-natal, é possível evitar as lesões nos mamilos. Porém, caso isso aconteça, é importante que a mulher vá até um serviço de saúde buscar orientações.

11. Bebê que mama no peito não precisa beber água?

VERDADE! O aleitamento materno exclusivo nos seis primeiros meses proporciona a esses bebês uma proteção importante contra infecções e colabora para um desenvolvimento neurológico melhor. Ele contém todas as proteínas, gorduras, carboidratos, água e vitaminas que a criança precisa.

12. Devem-se limpar as mamas a cada mamada

MITO! A higienização das mamas pode ser feita normalmente durante o banho diário.

13. Todas as mães podem doar leite?

VERDADE! Desde que a mãe deseje doar seu leite, ela pode se dirigir aos bancos e realizar os procedimentos recomendados.

14. Usar hidratante no mamilo facilita a amamentação?

MITO! Isso não é aconselhado. Aliás, está provado que o uso desses cremes pode até prejudicar, lesando o bico.


15. Meu peito rachou. Devo parar de amamentar?

MITO! Nunca interrompa antes de consultar um médico, uma vez que pode causar o empedramento da mama. Contudo, corrigir a causa do aparecimento do machucado é sempre indicado.

16. Não tenho bico para amamentar

MITO! Não importa como é o bico da mãe (plano, invertido, etc.), o bebê conseguirá ser amamentado se fizer a pega correta. Mas o uso do corretor de mamilos pode ajudar.

17. Prótese de silicone atrapalha a amamentação?

MITO! Nem implante de silicone, nem mamoplastia comprometem a produção de leite. A prótese de silicone precisa ser colocada atrás da glândula mamária ou atrás do músculo peitoral.

18. Amamentar deixa o peito caído?

MITO! Não há relação entre a amamentação e a flacidez.

    Veja Também

      Mostrar mais