Tamanho do texto

Só entraria no casamento quem respeitasse o valor estipulado pela noiva; pode isso, Arnaldo?

Mais uma  história de bridezilla está dando o que falar na web. Agora uma noiva decidiu que estaria tudo bem fixar um valor mínimo para o presente de casamento. R$1000, está bom para você? 

Leia também: Mulher planeja vingança contra noiva "bridezilla" que vai se casar com seu ex

A história sobre o valor do presente de casamento foi compartilhada no grupo de Facebook  That’s It I’m Wedding Shaming (non ban-happy edition) e divulgada essa semana pelo jornal britânico The Sun . Tudo começou com uma conversa entre a noiva e uma das convidadas. 

"Hey, não se o Mike te falou, mas meu casamento com o Cristian será no mês que vem. Se você pretende nos comprar presentes, a exigência que é sejam presentes acima de 250 dólares (aproximadamente R$ 1000)", escreveu a noiva. 

Na troca de mensagens, a convidada retrucou: "Você está dizendo que quer algo que custa mais de 250 dólares?", para completar: "Não espere isso de mim". E para sua indiganção, a resposta da noiva foi: "Nós teremos cerveja, coquetéis, bolo. Então você estará perdendo muito (em letras maiúsculas) porque muitos já confirmaram". 

Presente de casamento caro esse, hein?!

A conversa logo virou motivo até de piada no grupo de Facebook . "Você poderia escolher qualquer coisa e dizer que é um item de antiguidade ou coisa assim", sugeriu um usuário. "Junte um monte de cupons e dê para ela", falou outro. 

Leia também: Noiva neurótica faz amigos competirem por "vaga" de padrinhos em casamento

Também surgiu uma teoria: "Eles querem presentes tão caros para poder vender. Lixo", postou mais um usuário. 

Teve gente também que desconfiou da veracidade da conversa. E agora, é válido fixar um preço para o presente de casamento ? Pode isso, Arnaldo?