Tamanho do texto

O estudo foi realizado na universidade de Melbourne. Os estudiosos envolvidos também explicaram como chegaram a essa conclusão

Para um casal apaixonado, há tanto amor no ar que eles se sentem como se estivessem andando sobre as nuvens. Todo esse romantismo é percebido por quem está em volta e as perguntas sobre quando será o casamento se toram algo corriqueiro. Se você está passando por isso, é melhor ter cautela antes de bater o martelo e escolher a data para oficializar a relação.  

Saiba como escolher a melhor data para o casamento
Milena Caviche/divulgação
Saiba como escolher a melhor data para o casamento


Festa de casamento sem convidados é nova tendência para economizar

A decisão sobre quando será o "grande dia" geralmente depende de vários fatores racionais, incluindo o local do casamento e a disponibilidade de datas, horários e outros detalhes. Porém, alguns casais caem na fantasia dos filmes de "Hollywood" e querem se casar, por exemplo, no Dia dos Namorados, ou esperam um dia numericamente atraente, como 17/07/17.

Pois é, tentar escolher o dia perfeito é mais comum do que se parece. Segundo informações do site americano Today, uma pesquisa mostrou que o número de casamentos marcados em datas "especiais" é disparadamente mais alto em comparação as cerimônias com datas normais.

Como escolher a data?

Agora você deve estar pensando: será que devo esperar por uma data especial para me casar? O recente estudo sobre datas de casamento feito pela universidade de Melbourne identificou que os pares que escolheram datas "especiais" (numericamente atraentes ou datas românticas) para realizar o casamento estavam mais propensos ao divórcio do que os pares que escolheram dias aleatórios.

Festa inspirada em filmes da Disney ou se casar diante do Castelo da Cinderela?

Provavelmente surgiu outro questionamento: será que isso tem sentido? Os pesquisadores encontraram várias razões, saiba quais!

Segundo casamento

Os casais que escolheram datas românticas ou numericamente significativas muitas vezes tinham se casado antes e tinham filhos de casamentos anteriores. Para os especialistas, ter esse passado amoroso torna mais forte a possibilidade de gerar futuros conflitos entre o casal.

Pesquisadores justificam o resultado do estudo
Thinkstock/Getty Images
Pesquisadores justificam o resultado do estudo


Semelhanças que atraem

Os casais que escolheram dias normais estavam mais focados em oficializar a relação, tendo a certeza de que estavam dando o passo certo. Os estudiosos também perceberam que esses pares tinham educação, origens e idades semelhantes, ou seja, tinham muitas coisas em comum.

Já os casais que optaram por casar, por exemplo, no Dia dos Namorados , aparentemente estavam muito preocupados em tornar a data importante e esquecem de pensar em como será a vida a dois.

Gravidez

Muitos casais decidem que é hora de se casar ao saber de uma gravidez . Para os pesquisadores, o par pode acreditar que escolher uma data romântica vai compensar a falta de compatibilidade que há no romance real.

Os especialistas acreditam que relacionamentos e casamento exigem compromisso desde o primeiro dia, e escolher uma pessoa que entenda a importância disso é na maioria das vezes uma estratégia inteligente. Então cuidado para não ficar preso na emoção do planejamento do casamento  com a pessoa errada e pense antes de dizer “sim”.

Pés no chão

De acordo com o Today, o importante mesmo é manter seus pés no chão e escolher uma data que funciona bem para você e aqueles que você ama e mais importante ainda é escolher uma boa pessoa que vai fazer você feliz, independente da data de seu casamento!

    Leia tudo sobre: amor
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.