Tamanho do texto

Se você quer ficar bem quentinha e continuar estilosa nesse inverno, uma boa opção pode ser apostar no moletom; cofira algumas dicas de como usar

Frases como "Gosto muito do frio porque nessa época as pessoas se vestem melhor" são clássicos que passam a ser reproduzidos asim que os termômetros começam a mostrar temperaturas mais baixas. Mas isso significa que apostar em uma peça de roupa mais casual é "se vestir mal"? O moletom está aí para provar que não. 

Leia também: Confira 5 modelos de casaco que prometem fazer sucesso no inverno de 2018

Não é preciso deixar o estilo de lado na hora de apostar em peças de roupa casuais, como por exemplo, o moletom
Reprodução/Pinterest
Não é preciso deixar o estilo de lado na hora de apostar em peças de roupa casuais, como por exemplo, o moletom




Segundo a consultora de imagem e estilo Bruna Munick, as peças feitas com tecido de  moletom sempre estiveram presentes nas estações mais frias, porém sem as modelagens atuais. "Com o passar dos anos, as peças ganharam novas versões para acompanhar a tendência", diz. 

A profissional explica que o conjunto de calça e casaco feitos com esse tecido já era bastante utilizado nos Estados Unidos e ganhou fama no final dos anos 80 e início da década de 90. Atualmente, está voltando com tudo principalmente por causa de artistas da indústria musical e do cinema que aderiram à tendências da moda esportiva e urbana do "street style", além do movimento "comfy", que pede por uma moda mais confortável. 

Dessa forma, o moletom também se tornou o queridinho das fashionistas. "Na busca de materiais mais confortáveis e com a modelagem que começou a acompanhar as tendências, eles voltaram a entrar nas academias, conquistaram as ruas e hoje são sucesso principalmente no sul e sudeste do Brasil", explica. 

Leia também: O que vai ser tendência de moda na temporada outono/inverno 2018?

Dá para ter estilo usando moletom?

O conceito de moletom como
Reprodução/Pinterest
O conceito de moletom como "roupa para ficar em casa" é passado, já que é possível, sim, ser estilosa usando esse tecido


Porém, se você acha que só é possível usar peças desse tecido como "roupa de academia" ou "roupa para ficar em casa", está muito enganada.  De acordo com Bruna, as peças deram uma repaginada total e podem, sim, compor um look com muito estilo .

"Com as novas versões, o meletom chegou com novas texturas e style que podem acompanhar diversos looks. Hoje ainda existem opções que podem ser mescladas com outros tecidos, o que traz uma vasta gama para quem quer ousar. A moda se tornou eclética e adaptável para quem tem criatividade", comenta. 

Como atualmente as roupas são mais versáteis, é mais fácil, inclusive, na hora de poder combinar com várias outras roupas. "As 'capas' ou 'coletes' em sua versão mais comprida, como são popularmente conhecidas, podem ser utilizadas para dias com temperaturas mais amenas e combinam com calça jeans e camisa", explica a epecialista.

Já os casacos podem ser aproveitados com acessórios que valorizem a criatividade ou servir como peça secundária para uma sobreposição, sendo usados por baixo de jaquetas de couro ou jeans, por exemplo. "As calças também ganharam versões interessante do que com apenas uma camiseta básica, e acessórios podem dar um estilo mais dinâmico." 

Apesar do objetivo do moletom ser deixar o look mais informal, existe uma única contraindicação nesse caso. Evite apostar no "oversized", ou seja, aquelas modelagens maiores do que o seu tamanho habital, porque, segundo a consultora de moda e estilo, isso faz com que o visual passe de "descolado" para "desleixado".

Além disso, você pode aumentar o seu número de possibilidades de combinação se apostar sempre por cores neutras e cortes clássicos. Mas não vá escolhendo qualquer peça por aí, existem algumas questões que devem ser pensadas. "A qualidade do tecido e da costura, por exemplo,  podem evitar as 'bolinhas' que aparecem com as lavagens."

Leia também: Boina é tendência de acessório para qualquer estação do ano; veja como usar

Por que usar e como ousar com moletom?

Além de confortáveis, as roupas feitas com tecido de moletom são versáteis e combinam com ocasiões mais informais
Reprodução/Pinterest
Além de confortáveis, as roupas feitas com tecido de moletom são versáteis e combinam com ocasiões mais informais


Se você é o tipo de pessoa que não quer ficar pensando em como combinar as roupas, um bom moletom pode ser a peça chave e estratégica no seu guarda-roupa. E aquele dia de inverno  em que você está com muita preguiça de se vestir pode ser a oportunidade perfeita para apenas jogar o blusão por cima de uma camiseta qualquer para ficar quentinha e confortável. 

Mas se a ideia é criar o seu próprio look, pode também sair pesquisando ideias em sites como o Pinterest, que reúne bilhões de ideias moda, ou se basear no seu artista preferido e personagens de filmes e séries que fazem sucesso.  Ter uma ideia sobre como uma peça é usada por outras pessoas pode te ajudar na hora de combinar as roupas. 

Porém, Bruna diz que para se vestir bem com o tecido a palavra que deve ser mantida como ponto de partida é "ousadia". "Hoje, todos podem ter um estilo personalizado, basta você ficar atenta ao formato de seu corpo e as cores que te favorecem", afirma.

Para isso, uma boa solução pode ser seguir um estilo "hi-lo", ou seja, misturando o casual e o chique. Ao apostar em um tecido que foca no conforto, pode escolher usar com uma saia ou calça que seja mais formal, dando um toque moderno ao look. Assim como não tem problema nenhum em misturar tecidos ou até mesmo apostar nas sobreposições com casacos mais elegantes, como um blazer ou trench coat. 

Dessa forma, ela recomenda testar as diferentes opções. "Mesmo que, em um primeiro momento, você ache que a peça não te agrada, ainda pode se surpreender, mas experimente sempre! Sair da loja sem saber como ficou no corpo pode significar mais uma peça no fundo do guarda-roupa que você não vá usar." 

Se, quando estiver na loja, você amar uma roupa à primeira vista e perceber que ela combina com seu estilo e ficaria perfeita em você, a sugestão de Bruna é simples. "Imagine ao menos quatro opções de looks para utilizar com essa peça, assim valerá a pena o investimento", diz. Mas atenção: lembre-se primeiro das roupas que você já tenha em casa! Assim não precisa ficar gastando ainda mais dinheiro para montar as combinações. 

Além disso, mesmo que estar bem vestido seja, sim, uma coisa importante, não significa, necessariamente, estar na moda. Então, antes de mais nada, é importante saber se a "tendência do momento" respeita e valoriza o seu estilo próprio. Por isso, se o moletom não combina com a sua personalidade, não é preciso aderir. Use o que te deixar mais confortável!