Tamanho do texto

Marcas mostram o nude democrático, criando peças que combine com os variados tons de pele

A hora de comprar uma roupa invisível, pode ser um forro ou uma blusa para sobreposição, o nude vem a cabeça. Mas 'realidade versus  espectativa' pode ser diferente e o que acontece, geralmente, é usar uma peça bege ou alguma cor que combine com o tom da sua pele.

O
Divulgação
O "nude" é diferente dependendo do tom de pele

O nude - que significa nu, em inglês - é muito usado nesse tipo de situação mas nem sempre democrático. O famoso "cor de pele" não se encaixa nos diferentes tons de pele encontrados ao redor do planeta e isso mobilizou marcas a criarem produtos que correspondam a isso.

Marcas estão criando produtos
Divulgação
Marcas estão criando produtos "cor de pele" para todos os tons

A Louboutin - famosa por ter seus pares de sapatos nos pés das celebridades nacionais e internacionais - apostou em linhas de sapatilhas, sandálias e sapatos que variam de 7 a 5 cores diferentes com 7 cores  diferentes.

Louboutin criou uma linha de sapatos nudes
nude
Louboutin criou uma linha de sapatos nudes


A grife também promoveu a hashtag #NudesForAll (nudes para todas) onde motivou outras marcas a fazerem e buscarem o mesmo conceito em seus segmentos. 

A coleção de lingeries Nude for All , da Naja, optou por conjuntos em 7 "cores de pele" diferentes, em 3 modelagens que se adequam ao corpo da mulher.

A marca de lingeria Naja criou uma coleção chamada
Divulgação
A marca de lingeria Naja criou uma coleção chamada "Nude for All"

Catalina Girald, que segue a frente da marca californiana, percebeu que a noção do nude podia ser bem racista e não respeitar diferenças étnicas. Para as consumidoras se indentificarem melhor com a campanha publicitária, as estrelas que usam as peças não são modelos.

Leia também:

+ Estilista brasileiro ganha fama no Japão com moda plus size

+ A volta do veludo no inverno 2016

+ 5 modelos de calçados que são a aposta do verão 2016/2017 







    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.