Tamanho do texto

Vic Ferreira tem 18 anos e escreve ao iG Teen para falar sobre as descobertas e aventuras da vida na adolescência

De um tempo pra cá, algumas correntes bombaram no facebook e essa foi a que eu mais gostei. O que você falaria para você mesma de cinco anos atrás? Quais os dramas da adolescência vivia naquela época?

Primeiro beijo - dicas para encarar esse momento sem neuras

O que a Vic de 18 anos falaria para a Vic de 13 sobre a adolescência?
Reprodução/Instagram
O que a Vic de 18 anos falaria para a Vic de 13 sobre a adolescência?


Hoje, muitos dos dilemas da vida na adolescência nem eram tão complicados assim. E aproveitando essa ideia, resolvi fazer  uma carta ao passado. Vou contar para vocês o que a Victoria, de 18 anos, falaria para a Victoria de 13 se tivesse a chance: 

“Olá Victoria, tudo bem por aí? Sou você mesma, daqui 5 anos. Sei que a essa fase é um saco e você provavelmente está torcendo para que tudo isso passe logo. Quer saber? Passa muito rápido, e o que parece o fim do mundo agora nem é tão ruim assim… Não estou aqui para mudar seu futuro e nem o presente, porque sei que o que passamos resultou no que somos hoje, mas acho que você precisa ouvir algumas coisas.

+  Pais e filhos - sua mãe é superprotetora? Saiba como lidar com isso

Não tem problema algum demonstrar seus sentimentos . Sei que, na sua cabeça, demonstrar o que sente  te torna vulnerável, mas esse é um dos sentimentos que fazem parte da vida. Estar vulnerável emocionalmente ainda é melhor do fingir que não sente nada. Sei também que você tem medo de ser magoada , mas posso te contar uma coisa? Momentos difíceis se tornam aprendizados.

 Todos seus choros te tornarão alguém muito forte. Sabe esses problemas que você custa a  entender o por quê de você precisa passar por isso? Eles vão transformar você em alguém extremamente firme ideologicamente, você vai ter posicionamentos lindos sobre o mundo e uma vontade gigantesca de ajudar a todos.

Por que meninas se decepcionam com a primeira vez?

De Vic para Vic: não tenha medo de demonstrar seus sentimentos, mesmo na adolescência
Reprodução/Instagram
De Vic para Vic: não tenha medo de demonstrar seus sentimentos, mesmo na adolescência

Você é incrível. Você nunca teve problemas com sua aparência , mas sei que você já lutou muitas vezes contra essa baixa estima com sua personalidade. Você não é a mais inteligente, a mais engraçada ou a mais querida da turma, mas uma hora a gente aprende que estamos aqui para sermos únicos e não melhores do que as outras pessoas.

Não duvide de si mesma. Você é sua maior barreira. Não é a falta de dinheiro, sua bochecha grande, os horários de aulas ou as pessoas falsas. Você não consegue porque você tem medo de falhar, tem medo de se decepcionar. Como é que você sabe que não consegue, se nunca nem tentou? As pessoas falham, as pessoas caem, mas aprendem com o que fizeram de errado. Me diz, o que você aprende se não fizer nada?

Algumas coisas você precisa aprender sozinha, e você vai se dar bem. Eu sei disso e você deveria saber também. Tenha paciência, leve isso pra vida, porque sei que é uma das suas maiores dificuldades.

Com carinho,

Eu mesma”

Eu espero que os meus conselhos pra mim mesma sejam conselhos para vocês e ajudem a encarar melhor a adolescência. O que você diria pra si mesma, se pudesse voltar no tempo? Me conta, vou adorar saber!

_______________________________________________________________________________________________________

Victoria Ferreira tem 18 anos e escreve para o iGTeen
Arquivo pessoal
Victoria Ferreira tem 18 anos e escreve para o iGTeen

* Victoria Ferreira tem 18 anos e escreve às quartas no iGTeen. Ela é do signo de Áries, fotografa iniciante e estudante do primeiro semestre de Jornalismo. Cupim de livros, rata da internet e viciada em séries. Gosta de conversar sobre tabus e assuntos que mais ninguém gosta de falar: "Para mim, os assuntos que as pessoas mais temem debater são os mais importantes". Vive em uma eterna discussão consigo mesma e sua cabeça nunca para. Foi exatamente por isso, que começou a escrever: para colocar esses pensamentos no papel, ou nas telas.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.