Caso Gabby Petito: polícia afirma que noivo de tem ocultado informações
Reprodução/ O Globo
Caso Gabby Petito: polícia afirma que noivo de tem ocultado informações


A polícia americana continua na busca pelo paradeiro da blogueira Gabrielle Petito, de 22 anos, conhecida como Gabby, depois que ela não voltou para casa após uma viagem pelo país com seu noivo em agosto deste ano. Brian Laundrie, de 23 anos, não foi acusado pelo desaparecimento da jovem, mas para os investigadores ele estaria ocultando informações importantes sobre o que poderia ter acontecido com Petito. A família de Gabby tem pedido respostas a Laundrie e fez um apelo para que ele ajudasse nas investigações.

Gabrielle não se comunica com seus familiares desde agosto, quando visitava o Parque Nacional Grand Teton, em Wyoming (EUA). Segundo a polícia, Brian que voltou para casa sozinho na Flórida no mês seguinte é considerado uma "pessoa relevante" na investigação.

– Acredito que Brian e as pessoas ao redor dele também possam ter a informação, e estamos implorando a essas pessoas que se apresentem – disse Todd Garrison, chefe do Departamento de Polícia de North Port, na Flórida, sobre o noivo de Petito em coletiva na quinta-feira.

Laundrie se recusou a falar com as autoridades quando a van em que eles viajavam foi apreendida em sua casa, na Flórida. Ele tem seguido o conselho do advogado Steve Bertolino de não se pronuncia sobre o assunto, segundo a BBC.

– Na minha experiência, os parceiros íntimos são muitas vezes a primeira pessoa à qual a polícia se volta em casos como este, e a advertência de que 'qualquer declaração pode ser usada contra você' é verdadeira, independentemente de meu cliente ter algo a ver com o desaparecimento de Petito. – disse a defesa de Brian.

Brigas de casal

O casal, que viajava em um utilitário, estava compartilhando fotos e vídeos de sua viagem nas redes sociais. Os dois são namorados de infância e se mudaram de Blue Point, Nova York, em 2019 para morar em North Port.

Na última quinta-feira, um vídeo divulgado pelo Departamento de Polícia de Moab, mostra os dois sendo parados em 12 de agosto após uma testemunha relatar um possível incidente de violência doméstica envolvendo o casal, segundo o site The Guardian. Na gravação feita por um dos policiais, a jovem aparece chorando e reclamando de sua saúde mental para o agente de segurança.

Apesar da briga, não houve registro de ocorrência policial e não há detalhes do que teria acontecido na sequência. A van em que o casal viajava está sendo examinada pela polícia em busca de pistas que ajudem a esclarecer o mistério do desaparecimento da jovem.

Leia Também

A irmã de Laundrie, Cassie Laundrie, disse ao Good Morning America que ela estava preocupada. – Obviamente, eu e minha família queremos que Gabby seja encontrada em segurança – disse Laundrie.

– Ela é como uma irmã e meus filhos a amam, e tudo que eu quero é que ela volte para casa sã e salva e seja encontrada e isso seja apenas um grande mal-entendido.– concluiu.

Para o chefe do Departamento de Polícia de North Port, a investigação continua sendo um caso de desaparecimento e não um inquérito de assassinato, por isso nenhuma busca intensiva foi iniciada porque não está claro onde as autoridades podem procurar.

– Há muitas informações que estamos examinando. Nosso foco é encontrar Gabby – disse Garrison.

Durante a coletiva, o pai da jovem, Joe Petito também fez um apelo para qualquer pessoa possa ajudar nas investigações.

– O que eu quero de todos aqui é ajuda. O que quer que você possa fazer para garantir que minha filha volte para casa, estou pedindo sua ajuda. Nada mais importa agora, disse Joe Petito.

Confira:


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários